Santa Bárbara D’Oeste recebe 12 novos ônibus Marcopolo Torino Mercedes-Benz

Foto: Divulgação

Novos veículos com tecnologia Euro 5 substituirão modelos antigos da Nova Via/Sertran, renovando 1/3 da frota local

ALEXANDRE PELEGI

Santa Bárbara D’Oeste, cidade da região metropolitana de Campinas, interior de São Paulo, acaba de receber 12 novos ônibus para a frota de transporte público local.

O Diário do Transporte publicou há um mês que a cidade estava aguardando a chegada dos novos veículos. Relembre: Santa Bárbara D’Oeste vai ganhar 12 novos ônibus

Os veículos zero quilômetro foram entregues neste sábado, dia 30 de setembro de 2018, e já estão operando na cidade.

Composta por 32 ônibus, a frota agora atinge 37,5% de taxa de renovação.

A Nova Via/Sertran é a concessionária do transporte público da cidade, operando as 23 linhas do sistema local.

Os novos ônibus Marcopolo Torino Mercedes-Benz têm motores com tecnologia Euro 5, além de elevador para acesso aos portadores de necessidades especiais, com lugar para acompanhante.

Em comunicado divulgado à imprensa a prefeitura de Santa Bárbara afirma que, desde 2013, o transporte coletivo do município “avançou consideravelmente e hoje está entre os melhores da RMC (Região Metropolitana de Campinas)”.

O comunicado afirma ainda que, além de uma nova empresa com ônibus novos e adaptados à acessibilidade, “o sistema é integrado e permite ao passageiro que possui o cartão eletrônico utilizar mais de um ônibus para chegar a seu destino pagando apenas uma passagem. O mesmo cartão vale para o Tarifa Zero, aos sábados, onde o usuário anda de graça quantas vezes quiser”.

NOVA CONCESSIONÁRIA NO TRANSPORTE LOCAL

Até 2013 Santa Bárbara D’Oeste era atendida pela Viba (Viação Barbarense), que atuou no município por duas décadas como permissionária, e mais três anos sob intervenção da própria prefeitura.

Após uma nova licitação, a Nova Via/Sertran assumiu o transporte coletivo da cidade, que passa por mudanças.

Além de um novo terminal urbano, todas as linhas do município são controladas por GPS, por meio de uma central que permite acompanhar os itinerários e informar o tempo de espera em painel eletrônico instalado no Terminal.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta