Maioria dos usuários do transporte coletivo de Cuiabá avalia serviço como regular, ruim ou péssimo

Do total, aproximadamente 70% dos participantes da pesquisa pagam passagem. Foto: Divulgação.

De 1.509 passageiros, 62,7% não fizeram boa avaliação dos ônibus da capital

JESSICA MARQUES

Uma pesquisa feita a pedido da Arsec (Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos Delegados de Cuiabá) revelou que a maioria dos usuários do transporte coletivo de Cuiabá avalia o serviço como regular, ruim ou péssimo.

De 1.509 passageiros, 62,7% não avaliaram os ônibus da capital como um bom serviço prestado à população. A pesquisa foi realizada em julho deste ano, conforme informado pela Gazeta Digital.

De acordo com o levantamento, 87% das pessoas acreditam que o valor atual da tarifa, que está em R$ 3,85, não faz jus à qualidade dos serviços prestados. Em todos os pontos percentuais apresentados, a margem de erro é de 3%.

Outro ponto analisado é a condição de conservação dos veículos, o que inclui limpeza e conforto. Neste aspecto, 57,2% dos passageiros avaliaram como regular, ruim ou péssimo. Outros 42,7% consideram a conservação dos ônibus boa ou ótima.

A pesquisa também mostrou que seis em cada 10 passageiros não confiam nos horários programados do transporte coletivo da capital. Mais da metade afirmou acreditar que não chegaria ao destino no horário previsto, na ocasião em que o levantamento foi feito.

Por fim, a insatisfação quanto aos pontos de ônibus instalados em Cuiabá foi demonstrada por 55,8% dos passageiros, que os consideraram ruim ou péssimo. Apenas 11,3% acreditam que as paradas sejam boas ou ótimas.

A maioria dos entrevistados utilizam o transporte público para trabalhar ou estudar. O levantamento também constatou que 76% das pessoas utilizam o transporte coletivo cinco vezes ou mais na semana.

Do total, aproximadamente 70% dos participantes pagam passagem.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: