ViaQuatro e ViaMobilidade têm novo presidente

ViaQuatro é responsável pela linha 4 - Amarela do Metrô de São Paulo. Foto: Divulgação.

Movimento integra novo ciclo na gestão do Grupo CCR

JESSICA MARQUES

Duas empresas do Grupo CCR tiveram mudanças nesta semana. A ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela de metrô, e a ViaMobilidade, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 5-Lilás de metrô e da Linha 17-Ouro de monotrilho estão com novo presidente.

A presidência das concessionárias foi assumida por Luís Valença, que já foi o responsável pela concessionária da Linha 4-Amarela de metrô de São Paulo no período de 2006 a 2014. No intervalo de 2015 a 2018, Valença foi presidente do CCR Metrô Bahia, onde implantou o sistema metroviário de Salvador e Lauro de Freitas.

Segundo informações do CCR, a nova fase está alinhada ao “Programa de Identificação e Desenvolvimento de Lideranças Estratégicas” do grupo, que é o acionista majoritário.

“Iniciado há quatro anos, o Programa de Identificação e Desenvolvimento de Lideranças Estratégicas tem por objetivo identificar e valorizar talentos internos da companhia, tornando a empresa, bem como suas diferentes áreas de atuação, cada vez mais competitiva e preparada para novos desafios”, informou o Grupo CCR, em nota.

De acordo com o Presidente do Grupo CCR, Leonardo Vianna, o novo passo da companhia, não altera a estratégia de negócios.

“As bases estratégicas do Grupo, reforçadas brilhantemente pelos gestores que estiveram à frente das nossas unidades de negócio ao longo de quase vinte anos, iniciam um próximo ciclo virtuoso, seguindo com o olhar lapidado pelos antecessores.  A escolha dos novos nomes seguiu aspectos criteriosos e reforça a posição da CCR em valorizar os seus colaboradores”, disse o CEO.

A Linha 5 – Lilás, administrada pela concessionária ViaMobilidade, terá mais três estações entregues até 20 de setembro. Foi o que informou o secretário de Transportes Metropolitanos Clodoaldo Pelissioni.

Relembre: Pelissioni diz que mais três estações da Linha 5 – Lilás serão entregues até 20 de setembro

A Linha 17 – Ouro, por sua vez, é alvo de polêmicas. Após suspensão, a Justiça determinou a retomada das obras da linha do monotrilho, na zona Sul da capital paulista.

Relembre: Justiça determina retomada das obras do monotrilho da linha 17-Ouro

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta