Transmissão de GPS de ônibus da Baixada Santista continua com problemas e EMTU prevê normalização apenas para a quarta-feira

BR Mobilidade já foi Acionada pela EMTU. Foto: Gledson Freitas/Ônibus Brasil – Clique para ampliar

Gerenciadora diz que está em contato com a BR Mobilidade para tentar reestabelecer serviços plenamente

ADAMO BAZANI

Passageiros que precisam consultar aplicativos com informações sobre ônibus intermunicipais da Baixada Santista continuam enfrentando dificuldades. Agora há pouco a EMTU -Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos informou que os problemas de transmissão dos dados do GPS ainda persistem.

Inicialmente, a previsão era de que o problema, que vem se intensificando desde a semana passada, fosse resolvido até sábado.

Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/08/24/transmissao-de-gps-dos-onibus-da-baixada-santista-esta-com-problemas-e-afeta-aplicativos-diz-emtu/

Agora a nova previsão informada pelo sistema de dados abertos da EMTU é normalização até a manhã desta quarta-feira, 29 de agosto de 2018.

A gerenciadora de transportes cobra a solução por parte da empresa BR Mobilidade, do grupo Comporte, da família de Constantino Oliveira, que detém sozinha todas as linhas metropolitanas da Baixada Santista.

“Aviso: a transmissão de dados do GPS dos ônibus metropolitanos, na Baixada Santista, está com problemas que comprometem as informações do posicionamento dos veículos fornecidas pelos aplicativos da EMTU, de terceiros e do site da empresa. Estamos em contato com a BR Mobilidade para a normalização do serviço que deve ocorrer até a manhã de quarta-feira (dia 29/08/2018).”

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: