Obras de mobilidade são entregues em São Bernardo do Campo

Futuramente, serão implantadas paradas de ônibus na Avenida José Odorizzi, que farão parte do Corredor Leste-Oeste.

JESSICA MARQUES

Duas obras de mobilidade foram entregues em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, nesta sexta-feira, 24 de agosto de 2018. A Prefeitura concluiu o Viaduto Mamãe Clory, na Avenida Robert Kennedy, e a duplicação e pavimentação da Avenida José Odorizzi, no bairro Assunção.

A obra havia sido iniciada em julho de 2014, foi paralisada em 2016 e, após ser retomada em dezembro de 2017, foi entregue.

Com investimento de R$ 44 milhões, a duplicação e pavimentação da Avenida José Odorizzi conta com 2,5 quilômetros de duplicação e 1,8 quilômetros de novas redes de drenagem.

A Prefeitura informou que, futuramente, serão implantadas paradas de ônibus na Avenida José Odorizzi, que farão parte do Corredor Leste-Oeste. Não foi estipulado um prazo para a implantação.

O Viaduto Mamãe Clory, sobre a Avenida Robert Kennedy, por sua vez, possui 155 m de extensão e vão central de 45 metros. A obra contou com investimento de R$ 27 milhões, segundo informações da Prefeitura.

As vias tiveram investimento total de R$ 71 milhões e atendem diretamente moradores dos bairros Assunção, Planalto, Calux, Parque dos Pássaros e do Parque Industrial do bairro Cooperativa. Com a finalização da duplicação da Avenida Samuel Aizemberg, também conectará a Rodovia Anchieta à Imigrantes.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

 

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Moris disse:

    Não tem nada pronto, um monte de volta pra sair de casa , muito confuso ainda , av sem retorno

  2. romulo santos disse:

    Estrada dos Alvarenga abandonada… Avenida Castelo, tá uma calamidade, ainda vem falar que as obras está sendo entregue…. Me poupe.

  3. Jefferson disse:

    Entregar serviço pela metade é fácil fazer propaganda gastando dinheiro público com isso. Sbcampo está péssimo na questão de ruas , todas ruins mal asfaltadas, com obras em certos lugares prejudicando outros e largados.ainda falar que entregou é vergonhoso

  4. Tiago disse:

    Para quem estuda no sesi não tem onde parar o carro para desembarcar as crianças. Não pensaram no sesi e no senai.

  5. Clayton disse:

    Locais que não tem neenecesside usando o dinheiro público para fazer nome… enquanto a saúde e segurança amarga…..terminais para três linhas de ônibus e corredor onde não existia transotr agora tem… Aqui não ganha nem para sindisí de condomínio…

  6. Gabriel disse:

    Corredor de ônibus??? Meu Deus pensei que fosse uma avenida expressa pra desafogar o trânsito da estrada cooperativa ligando Anchieta e Imigrantes. Vaii ficar igual a João Firmino. UMA M !!!!!!!

  7. Eliseu J.M Parra disse:

    Faixa de ônibus exclusiva de novo.Ja não chega o transtorno da Av. JoaJ Firmino ? Além disso colocaram placas de proibição de conversão debaixo do viaduto para acesso a Av. Robert Kennedy o que antes do viaduto funcionava muito bem. A Enga. de tráfego nao deve conhecer a cidade e deve decidir mudanças de dentro de seus gabinetes na Prefeitura. Na João Firmino colocaram faixa exclusiva para ônibus só que usam duas faixas e tem paradas dos dois lados. Verdadeiro caos em qualquer horário. Sobrou prá nós, fora os semafos a cada 50 metros sem sincronia.

Deixe uma resposta