Rodoviários de empresa do sistema Transcol protestam contra atraso de salário em Vila Velha (ES)

Foto: captação de imagem TV Gazeta (ES)

Paralisação em frente à garagem impede a saída dos ônibus desde as 5 horas desta sexta-feira

ALEXANDRE PELEGI

Rodoviários da empresa Metropolitana, no bairro Nossa Senhora da Penha, em Vila Velha, região da Grande Vitória (ES), fazem paralisação em protesto pelo atraso de salários na manhã desta sexta-feira, dia 24 de agosto de 2018.

A viação tem linhas que alimentam vários terminais e circulam em bairros de Vila Velha e Cariacica.

O movimento começou às 5h, e somente 4 dos 89 ônibus programados para sair foram liberados.

Os funcionários da empresa alegam que os salários são pagos com constantes atrasos, além de atrasos em benefícios como plano de saúde.

Um representante da empresa teria prometido aos funcionários pagar o salário até a meia-noite desta sexta, o que foi recusado. O salário deveria ter sido pago dia 20.

Reportagem do jornal A Gazeta, realizada pelo jornalista Caíque Verli, informa que os rodoviários decidiram não voltar a trabalhar enquanto o salário não for depositado.

Policiais militares chegaram à empresa para negociar com os manifestantes.

A paralisação causou reflexos no Terminal de São Torquato, em Vila Velha, que tem longas filas e ônibus lotados.

Linhas exclusivas operadas pela empresa Metropolitana, afetadas pela paralisação:

575 – Terminal de São Torquato / Praça de Eucalipto

574 – Terminal de São Torquato / Shopping Vitória

761 – Presidente Médici / Terminal São Torquato

773 –  Morro do Sesi / Terminal São Torquato

627 – Terminal de São Torquato / Sagrada Família

663 –  Terminal de São Torquato/ Pedra dos Búzios

A empresa Metropolitana faz parte do consórcio Atlântico Sul, formado por 11 empresas.

A Ceturb-ES está remanejando ônibus reserva de outros terminais para atender às linhas mais demandadas. E notificará o consórcio operador do qual a empresa faz parte.

Os atrasos de salários têm sido recorrentes na Viação Metropolitana. Em 21 julho de 2017 um grupo de motoristas e cobradores não saiu da garagem, paralisando algumas linhas. O protesto acabou no final da manhã. O presidente do Sindicato dos Rodoviários (Sindirodoviários-ES), Edson Bastos, explicou no dia que a paralisação fora motivada pelo atraso no adiantamento quinzenal dos funcionários, fato que, segundo ele, era constante.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

1 Trackback / Pingback

  1. Rodoviários encerram protesto e ônibus voltam a circular em Vila Velha (ES) – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: