Consórcio BRT suspende operação de linha devido a tiroteio no Rio de Janeiro

Pela segunda vez, a circulação do 17 foi interrompida durante o período noturno

JESSICA MARQUES

O Consórcio BRT suspendeu novamente a operação da linha 17 na noite deste sábado, 11 de agosto de 2018. Esta é a segunda vez em que o serviço é interrompido no período noturno.

Por volta de 22h, foram registrados casos de tiroteio na comunidade de Antares e na Favela do Rodo. A justificativa do consórcio para interromper o funcionamento do serviço foi por tratar-se de uma medida de segurança, devido aos casos.

A linha voltou a transportar passageiros às 4h deste domingo, 12 de agosto. No último dia 7, o mesmo serviço teve a circulação noturna interrompida, também por motivos de segurança.

Relembre: Violência afeta transporte público do Rio de Janeiro novamente

O serviço atende passageiros na Avenida Cesário de Melo, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

O eixo da via já foi interrompido na última semana de maio, quando traficantes teriam utilizado as estações para vender drogas, conforme informado pelo secretário da Casa Civil, Paulo Messina.

Dados do Instituto de Segurança Pública – ISP mostram um aumento no número de ocorrências criminosas que afetaram o transporte coletivo no Rio de Janeiro.

Relembre: Violência crescente afeta usuários do transporte público do Rio de Janeiro

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: