Liminar garante 50% da frota de ônibus em horário de pico caso haja greve em Novo Hamburgo

Rodoviários decidiram cruzar os braços nesta sexta-feira, 10 de agosto

JESSICA MARQUES

Uma liminar do TRT (Tribunal Regional do Trabalho) garante 50% da frota de ônibus operando em horário de pico caso haja greve em Novo Hamburgo, no Rio Grande do Sul.

Os rodoviários decidiram cruzar os braços nesta sexta-feira, 10 de agosto e a Prefeitura acionou a justiça para conseguir garantir circulação mínima de veículos no transporte coletivo.

Uma nova audiência entre o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Novo Hamburgo e as empresas está marcada para esta quinta-feira, às 13h, no TRT.

A reivindicação da categoria trata de um acordo salarial referente a 2017. No ano passado, o sindicato dos trabalhadores ajuizou uma nova ação de dissídio coletivo no Tribunal Regional do Trabalho no Rio Grande do Sul, após falta de consenso em negociações.

A categoria informou que vai se manifestar sobre a possibilidade de greve apenas depois que ocorrer a rodada de negociações com o TRT.

Em nota, a prefeitura informou que está trabalhando para “garantir a manutenção do serviço à população” e que acompanha as negociações.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

1 Trackback / Pingback

  1. Justiça dará palavra final sobre dissídio em Novo Hamburgo após impasse entre empresas e rodoviários – Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: