Câmara Municipal de São Luis promulga lei que prevê monitoramento via GPS em frota de táxi

Intenção é garantir segurança aos passageiros por meio do rastreamento de veículos 24 horas por dia

JESSICA MARQUES

A Câmara Municipal de São Luis, no Maranhão, promulgou uma lei que prevê monitoramento via GPS em toda a frota de táxi do município. O objetivo é garantir segurança aos passageiros, com rastreamento de veículos 24 horas por dia.

A Lei 381, de 10 de fevereiro de 2015, foi publicada no Diário Oficial do Município após três anos. Agora, os veículos que operam o serviço de táxi em São Luis devem ser equipados com GPS, conectados a uma central pública de monitoramento, rastreamento e conexão de dados.

O autor da lei, o vereador Pedro Lucas Fernandes, citou como objetivo da proposta defender os passageiros e motoristas de crimes que possam ocorrer durante as viagens. Com o sistema, será possível precisar a localização do veículo e chamar a polícia, caso haja alguma ocorrência.

A lei já está em vigor e deve ser cumprida pelos permissionários. Além de segurança, o sistema também possibilita fiscalização, por meio da verificação de rotas, monitoramento de velocidade e itinerários realizados.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta