Preço do pedágio tem aumento em Piratininga (SP)

Aumento ocorre após duplicação da SP-225, a Bauru-Ipaussu. Foto: Divulgação / Governo do Estado de São Paulo.

Valor fica ainda mais caro que reajuste anual aplicado nas rodovias do estado

JESSICA MARQUES

O preço do pedágio teve aumento em Piratininga, no interior de São Paulo, além dos 2,85% que integram o reajuste anual aplicado no estado desde o último domingo, 1º de julho. A tarifa, que havia passado de R$ 5,50 para R$ 5,70, agora está em R$ 6,40.

O novo reajuste é um pouco maior que 16,3% e é aplicado na praça de pedágio de Piratininga, que fica a 13 quilômetros de Bauru, próximo ao km 251 da rodovia Engenheiro João Baptista Cabral Renno (SP-225), a Bauru-Ipaussu.

Segundo informações da Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), o reajuste é por conta da recente duplicação de um trecho de 18 quilômetros. Além disso, a mudança da tarifa estaria prevista nos contratos de concessão.

“Foram investidos na obra R$ 108,6 milhões, considerando a implantação de novos retornos com viadutos sobre a rodovia. É importante destacar que a tarifa quilométrica da pista simples, situação anterior do trecho, é inferior à de pista dupla, daí a necessidade de reclassificação” – informou a Artesp, em nota.

Além disso, a Artesp explicou que a rodovia está operando com pista dupla no trecho desde agosto de 2017, mas o reajuste na tarifa está sendo aplicado após dez meses da entrega da obra.

Em nota, a Concessionária Auto Raposo Tavares, que administra o trecho da rodovia, reforçou que o reajuste consta no contrato de concessão firmado entre a empresa e o Governo do Estado de São Paulo.

“O valor em vigência na praça de Piratininga inclui o reajuste anual e a reclassificação tarifária devido à entrega das obras de duplicação na SP-225 – Rodovia João Baptista Cabral Rennó em setembro de 2017”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta