BHTrans normaliza serviço de ônibus troncais após vândalos atacarem e queimarem coletivo

Foto: meramente ilustrativa. (Reprodução / RecordTV Minas)

Viagens haviam sido suspensas na noite desta segunda-feira após ônibus ter sido queimado no Bairro Jardim Comerciários, em Belo Horizonte

ALEXANDRE PELEGI

A BHTrans normalizou as viagens de ônibus troncais que partem das estações Vilarinhos e Venda Nova.

O serviço havia sido suspenso na noite desta segunda-feira, após um ônibus ter sido queimado no Bairro Jardim Comerciários, na Região Venda Nova, em Belo Horizonte.

O ataque, que culminou com o incêndio criminoso, teria ocorrido como retaliação a ações de agentes penitenciário do presídio de Bicas, na Grande BH.

O ataque fez a BHTrans suspender as viagens dos ônibus que partem das estações Vilarinhos e Venda Nova a partir das 23h. As linhas alimentadoras funcionaram até meia-noite.

Segundo informações da Polícia Militar de Minas Gerais dois homens abordaram o veículo da linha 635 (Estação Vilarinho/Jardim Comerciários). Além de atear fogo ao coletivo, a dupla deixou um bilhete com o motorista. A mensagem alerta para novos incêndios em represália aos maus tratos sofridos por presos do presídio Bicas II.

Atentados contra ônibus em Minas Gerais vêm ocorrendo desde o dia 3 de junho deste ano. Somente até o dia 16 de junho, 28 ônibus que prestavam serviços ao transporte público foram destruídos em 42 municípios do estado.

As estações BHBus Venda Nova, Vilarinho e Pampulha já haviam sofrido interrupção na operação no dia 26 de junho pelo mesmo motivo: incêndio a ônibus. Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2018/06/27/incendio-a-onibus-em-minas-gerais-interrompe-circulacao-do-transporte-coletivo/

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta