Prefeita de Rio Branco sanciona passagem de ônibus a R$ 4

Valor de R$ 1 para os estudantes será mantido. Foto: Divulgação.

Novos valores entram em vigor em 14 de julho

JESSICA MARQUES

A prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, assinou nesta sexta-feira, 6 de julho de 2018, um decreto que autoriza o reajuste da passagem de ônibus da capital, conforme o que foi recomendado pelo conselho tarifário.

Com isso, a tarifa vai dos atuais R$ 3,50 para R$ 3,80 para pagamentos com bilhetagem eletrônica. Em dinheiro, a tarifa será de R$ 4. Os novos valores entram em vigor em 14 de julho.

A decisão da prefeita teve como base os gastos mensais com subsídios para as passagens. Por esse motivo, a Prefeitura não vai aguardar a decisão do Ministério Público sobre a análise das planilhas de custo com transporte na cidade. Atualmente, o subsídio por passagem é de R$ 0,30.

A RBTrans (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) informou que o valor de R$ 1 para os estudantes será mantido.

HISTÓRICO

O último fato sobre o aumento das passagens em Rio Branco ocorreu em 26 de junho de 2018, quando o Conselho Tarifário decidiu manter o valor da passagem de ônibus a R$ 4. A proposta foi enviada à Prefeitura da capital.

A prefeita Socorro Neri havia revogado o decreto que determinava o aumento da passagem e solicitou nova análise das planilhas.

Na ocasião, foram 7 votos favoráveis ao aumento da passagem de R$ 3,50 para R$ 4, e 4 votos contra. Os passageiros que utilizarem bilhete eletrônico vão pagar R$ 3,80.

Em uma publicação no Diário Oficial do Acre, a prefeita havia justificado a revogação do aumento com a redução no preço do óleo diesel e o fato de não ter havido substituição na planilha, no portal da transparência.

Em 14 de junho de 2018, a prefeita Socorro Neri revogou o decreto que aumentaria a passagem em R$ 0,50 a partir de 19 de junho.

Relembre: Prefeita de Rio Branco revoga decreto que aumentaria tarifa de ônibus

O aumento do valor da passagem havia sido aprovado pelo Conselho Tarifário de Rio Branco na terça-feira, 5 de junho de 2018. A autorização do aumento aguardava apenas a reunião do Conselho Tarifário com o Ministério Público do Acre, para poder ser avaliado pela Prefeitura.

O Ministério Público do Acre havia pedido esclarecimentos sobre o reajuste na tarifa de ônibus da capital, Rio Branco. O encontro foi realizado em 7 de junho.

O Conselho Tarifário aprovou um aumento de R$ 0,50 no valor da passagem, que atualmente custa R$ 3,50.

Relembre: Ministério Público do Acre pede esclarecimentos sobre reajuste na tarifa de ônibus de Rio Branco

Leia também: Conselho Tarifário de Rio Branco aprova reajuste na tarifa de ônibus

Por meio de nota, a Prefeitura informou, na época, que o aumento da passagem foi amparado pela Lei Orgânica.

“Ao final da reunião da manhã, a promotora informou aos procuradores Raquel Eline e Pascal Khalil que não via razões, naquele momento, para fazer qualquer recomendação relativa à tarifa, não apresentando qualquer restrição à sua homologação, sem prejuízo da investigação do curso” –diz trecho da nota da prefeita.

“Com certeza seria mais fácil ceder ao apelos populistas ou daqueles que pouco se importam com a a regularidade dos transportes coletivos, mas não posso agir de forma irresponsável e inconsequente. Meu único interesse é o bem público, e este requer decisões responsáveis juridicamente, ainda que impopulares”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: