Novo ônibus urbano da Neobus chega ao mercado

Novo modelo traz diferentes opções de comprimento total. Foto: Divulgação / Neobus

New MEGA é primeiro modelo projetado e desenvolvido com base na recente estratégia de atuação da marca

JESSICA MARQUES

O novo ônibus urbano da Neobus já está no mercado. O New MEGA já está sendo produzido e comercializado pela marca. Trata-se do primeiro modelo projetado e desenvolvido com base na recente estratégia de atuação da Neobus.

O New MEGA foi criado após mais de um ano de pesquisas e desenvolvimento. Segundo informações da Neobus, as características da marca, já reconhecidas no mercado, foram mantidas no projeto. Um grande diferencial é que há mais espaço para os passageiros e motorista.

“O ônibus mantém todos os atributos já reconhecidos da marca Neobus. Para o usuário, focamos na ergonomia e comodidade e, para o cliente, o veículo proporciona diferenciais de praticidade, facilidade de manutenção e menor custo operacional do que os principais modelos disponíveis no mercado” – disse João Paulo Ledur, em nota.

A intenção da marca é tornar a linha de produtos mais adequada às novas demandas do mercado brasileiro e daqueles que já são clientes. O novo modelo traz diferentes opções de comprimento total (de 9.750 mm a 13.345 mm).

Também pode ser montado com vários modelos das principais montadoras e tem configuração interna que permite transportar até 54 passageiros sentados, de acordo com a Neobus.

neobus_mega_2.jpg

Foto: Divulgação / Neobus

“Externamente, o New MEGA tem como diferencial o design limpo e leve, com novos conjuntos ópticos dianteiro e traseiro. O vigia traseiro, com cantos arredondados, também dá mais leveza e modernidade ao ônibus. Os faróis e lanternas têm máxima eficiência luminosa e são facilmente intercambiáveis, reduzindo tempo e custo de manutenção e reparo.”

O novo modelo também vem com espelhos retrovisores mais modernos, tomadas de ar de teto com novo formato e sistemas de fixação e vedação. O sistema de refrigeração foi redesenhado para garantir maior eficiência para o passageiro e, para o operador, agilidade na manutenção.

“Internamente, o New MEGA oferece também mais espaço e ergonomia para o motorista. O posto do condutor foi totalmente redesenhado para facilitar o acesso aos comandos. O painel passou a contar com novas saídas de ar, inclusive para as pernas, com ventilação mais forte e eficiente. O modelo também ganhou console mais ergonômico, que proporciona mais espaço para pernas e para movimentação. O novo posicionamento do motorista diminui o desgaste físico e permite que se concentre apenas na condução do veículo” –  detalhou a Neobus, em nota.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Diego Fontanna disse:

    Espero que pelo menos nessa geração tenha um pouco mais de espaço para as penas e assentos mais resistentes, pois deixou muito a desejar nos modelos antigos, em matéria de conforto só mesmo a Caio pensou mas, nos modelos piso alto porque os pisos baixos são a tormenta dos passageiros exemplo de conforto da Caio e o Apache Vip II e super conforto o Apache Vip IV e as Séries BRTs Articulados.
    Até a série dos Apaches II e IV, micrão é mais confortável que os carros da neobus grande.

  2. Diego Fontanna disse:

    Espero que seja confortável, e que possua acentos mais firmes e fortes, pois os da séries anteriores era muito ruim e deixava a desejar na parte da coluna, e que seja mais silencioso modelo anterior muito barulhento.
    Em matéria de conforto, só mesmo os Apaches Vip II e IV até mesmo os micros do Apache são confortáveis, e da série BRTS os modelos articulados da Caio, essa empresa sim pensa nos usuários.

  3. César Ribeiro Costa disse:

    A linha N10, vai continuar existindo?

  4. Jackson disse:

    Que porcaria hein isso ai é um citmax com algumas mudanças estéticas…

    1. Zé Tros disse:

      Na verdade isso é um Torino S. O que era feio piorou.

  5. Wellington Everton disse:

    Honestamente não vejo beleza neste ônibus, tenho a sensação da carroceria ser frágil, mas o que importa é eficiência, não aparência e espero que a Neobus tenha alcançado isso e que venda muito, pois concorrência gera mais qualidade.

  6. Claudio disse:

    O ônibus Urbano tradicional mudou muito pouco nos últimos 30 anos. Comparando uma carroceria Torino dos anos 80/90 com os atuais, especialmente com motor dianteiro, a evolução foi muito pequena. Desconsiderando os conjuntos óticos, faróis e lanternas sobra pouco.
    A evolução tem sido mais nos processos produtivos.
    Os descritivos de apresentação então , não mudaram nada. Mais espaço, conforto, segurança , etc…….
    O desafio para algo realmente novo no urbano com motor dianteiro permanece.

    1. Leandro disse:

      Concordo com o comentário do Cláudio. Tb não vejo muita evolução nos ônibus dianteiros, basicamente só atualização de desenho. Não vejo muitas melhorias para os passageiros.

  7. victor henrique disse:

    tomara que não venda nada.isso ai não passa de um torino mais feio.

  8. Zé Tros disse:

    O que está acontecendo com os atuais designers da nossa indústria?. Como é que conseguem fazer um troço feio desse ser aprovado pela empresa?.

  9. foi-se a Neobus! esse modelo aí acaba de comprovar isso… se nao vender bem como vendia o modelo anterior, a tendência será descontinuar mesmo o modelo como o mega brt q era um dos melhores produtos dela. Tiro no pé da Marcopolo ao meu ver. Provavelmente será um dos motivos pro Apache continuar vendendo bem.

    1. Zé Tros disse:

      O Apache já vendia bem antes mesmo dessas mudanças na Neobus.

Deixe uma resposta para Wellington Everton Cancelar resposta