Câmara aprova projeto de lei que isenta pagamento de tarifa de ônibus em dia de eleição em Maceió

O próximo passo agora é que o executivo sancione o PL n° 79/2018 para que a medida passe a valer. Foto: Divulgação.

Justificativa é evitar alto índice de abstenções, votos nulos e brancos

JESSICA MARQUES

A Câmara Municipal de Maceió aprovou um projeto de lei que isenta o pagamento de tarifa de ônibus em dia de eleição, na capital. O próximo passo agora é que o executivo sancione o PL n° 79/2018 para que a medida passe a valer.

A justificativa do criador do PL, o vereador Samyr Malta, é que em Tocantins houve alto índice de abstenções, votos nulos e brancos na eleição complementar que ocorreu em junho, situação que parlamentares querem evitar na capital de Alagoas.

Em pelo menos 11 cidades de Tocantins os números mostraram que o não comparecimento do eleitor às urnas foi maior que os que foram votar, chegando a 43,54%, segundo o Tribunal Regional Eleitoral do estado.

“Agradeço aos meus pares por entender a necessidade de facilitarmos a vida do eleitor aqui de nossa capital, tendo em vista o momento tão delicado pelo qual passa a classe política do Brasil. Obviamente que eu respeito o desejo daquele eleitor que porventura não queria votar. Mas, também é papel dos parlamentares, amparados pela lei, contribuir para que não haja índice tão alto de abstenções, votos nulos e brancos como aconteceu em Tocantins” — disse o parlamentar.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta