Ônibus da empresa São Salvador retornam a Campos de Goytacazes (RJ)

Veículos retornaram à cidade neste sábado. Foto: Rodrigo Silveira

Veículos foram vistos na cidade de Paraíba do Sul

JESSICA MARQUES

Os ônibus da empresa São Salvador já retornaram ao município de Campos de Goytacazes, no Rio de Janeiro. Os veículos haviam sido vistos circulando na cidade de Paraíba do Sul, também no estado.

Relembre: Prefeitura de Campos dos Goytacazes (RJ) notifica empresa para trazer ônibus que estavam circulando em outra cidade

A Prefeitura de Campos de Goytacazes informou, por meio de nota, que o IMTT (Instituto Municipal de Trânsito e Transporte) realizou neste sábado, 23 de junho, uma vistoria na garagem da empresa São Salvador.

Durante a vistoria, foi constatado que os ônibus, adquiridos pelo Fundecam (Fundo de Desenvolvimento de Campos), que supostamente estariam em circulação em outro município, já retornaram para Campos.

“Segundo o presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, os fiscais vistoriaram todos os veículos da empresa para que os carros voltem a atender completamente as linhas municipais o mais breve possível” — informou a Prefeitura, em nota.

Ainda segundo Quintanilha, na terça-feira, 26 de junho, o IMTT irá se reunir com todas as empresas do Consórcio União para definir os itinerários de cada uma delas. “Com a retomada do serviço da São Salvador, vamos nos reunir para definir as linhas com todas as empresas do Consórcio União para que nenhuma linha fique desassistida”.

Na quarta-feira, 20 de junho, três linhas da Baixada Campista voltaram a ser atendidas pela São Salvador, segundo informações da Prefeitura. São elas Beira do Taí, São Sebastião e Córrego Fundo.

“Na próxima segunda-feira, a linha de Quixaba começará a ser atendida. Na mesma quarta-feira em que a São Salvador voltou a operar em Campos, o presidente do IMTT, Felipe Quintanilha, foi surpreendido com a notícia de que a empresa estaria atuando no município de Paraíba do Sul com os veículos adquiridos, através de recursos do Fundecam. Com isso, a empresa chegou a ser notificada para que prestar esclarecimentos. Uma reunião também chegou a ser feita na última quinta-feira”  explicou a Prefeitura, também por meio de nota.

A prefeitura de Paraíba do Sul, por sua vez, informou que “foi levada a executar diretamente o serviço de transporte coletivo de passageiros no território do município e para tal promoveu processo de dispensa de licitação por emergência para locação de ônibus, visando a obediência ao princípio da economicidade e buscando a proposta mais vantajosa para a administração pública”.

A administração municipal informou ainda que era desconhecido que os ônibus contratados foram adquiridos mediante financiamento do Fundecam e não poderiam ser utilizados fora do território do município de Campos. “Assim que a questão veio à tona foram tomadas as providências legais para sanar tal situação e os veículos foram encaminhados de volta para Campos”.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta