Licitação do transporte público coletivo de Campinas é adiada

Atualmente, o sistema de ônibus de Campinas é dividido por cores: verde, vermelho, azul claro e azul escuro. Foto: Divulgação.

Certame estava previsto para junho, mas Prefeitura informou que será realizado em julho

JESSICA MARQUES

A licitação do transporte público coletivo de Campinas foi adiada. O certame estava previsto para junho, mas a Prefeitura informou que será realizado apenas em julho. O prazo inicial havia sido informado em audiência pública pelo secretário de Transportes e presidente da Emdec (Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas), Carlos José Barreiro.

A licitação vai tratar do transporte convencional e do PAI (Programa de Acessibilidade Inclusiva). A concessão será válida por 15 anos, no valor de aproximadamente R$ 7 bilhões.

“Neste momento, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas realiza os últimos fechamentos de detalhes técnicos que constarão no edital de licitação. A previsão é de que o edital de licitação do transporte público coletivo do município seja lançado no mês de julho” informou a Emdec, em nota.

Atualmente, o sistema de ônibus de Campinas é dividido por cores: verde, vermelho, azul claro e azul escuro. Com a nova licitação, a padronização vai mudar: vermelho (norte), azul escuro (noroeste), azul claro (oeste), verde (sudoeste), amarela (sul), laranja (leste) e branco, que vai englobar a região central e o entorno.

Segundo informações da mídia local, é possível que seja criada a modalidade seletiva, com linhas específicas e tarifas diferenciadas. Contudo, a informação não foi confirmada oficialmente.

Os corredores do BRT também serão operados pela empresa vencedora.

A licitação do transporte público da cidade que está em vigor é de 2005. Desde agosto de 2015, o TCE (Tribunal de Contas do Estado) considerou o contrato irregular.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta