Pagamento de repasses deve evitar greve de ônibus em Teresina

Em audiência no TRT, prefeitura se comprometeu a liberar as verbas das companhias de transporte coletivo

ADAMO BAZANI

O Setut – Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina informou na noite desta quarta-feira que a prefeitura vai realizar os repasses devidos às companhias que, assim, devem realizar o pagamento do adiantamento salarial dos funcionários, previsto para ocorrer todo o dia 20 de cada mês.

Com isso, a greve de ônibus anunciada pelo Sintetro/PI – Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários de Teresina para esta quinta-feira, 21 de junho de 2018,não deve ser realizada.

Em nota, o sindicato que reúne as empresas de ônibus diz que o compromisso de repasse foi firmado pela prefeitura em reunião de conciliação no TRT – Tribunal Regional do Trabalho.

“Após reunião realizada na tarde desta quarta-feira, dia 20, no Tribunal Regional do Trabalho, a Prefeitura Municipal de Teresina se comprometeu a fazer o repasse para as empresas prestadoras do serviço de transporte público, para que as mesmas realizem o pagamento do adiantamento do dia 20 dos motoristas e cobradores. Dessa forma, acredita-se que não haverá paralisação dos rodoviários”

A audiência no TRT foi presidida pelo desembargador Manoel Edilson.

Uma nova reunião nesta quinta-feira, pela manhã, deve confirmar o acordo entre empresas, prefeitura e sindicato dos trabalhadores.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta