Dez pessoas são detidas suspeitas de incendiar um ônibus em Minas Gerais

Além de roubar o cobrador e o motorista, os criminosos quebraram os vidros do veículo e colocaram fogo nos assentos do ônibus. Foto: Reprodução da internet/Youtube TV Alterosa Leste

Crime ocorreu em Timóteo, no Vale do Aço, no domingo

JESSICA MARQUES

Dez pessoas foram detidas nesta segunda-feira, 18 de junho de 2018, suspeitas de incendiar um ônibus no Vale do Aço, em Minas Gerais, no domingo. Segundo informações do portal Estado de Minas, os suspeitos têm de 16 a 29 anos.

Os suspeitos informaram à polícia que atearam fogo no ônibus após ordem de presos da unidade prisional de Caratinga. Os detentos teriam como intenção demonstrar insatisfação pela revista criteriosa que ocorre na unidade, impedindo a entrada de comida e objetos para os presidiários.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, o crime ocorreu no domingo. O motorista estava dirigindo em direção ao bairro Bandeirantes, quando homens encapuzados e armados entraram no coletivo para anunciar o assalto.

Relembre: Outro ônibus é atacado em Minas Gerais

Além de roubar o cobrador e o motorista, os criminosos quebraram os vidros do veículo e colocaram fogo nos assentos do ônibus. Durante o assalto, os passageiros foram liberados e não ficaram feridos, nem foram roubados.

Este foi o segundo caso de ataque a ônibus na região do Vale do Aço neste mês.

Relembre: Mais dois ônibus são incendiados em Minas Gerais

Até o meio da semana passada, o número de ônibus incendiados desde 3 de junho em Minas Gerais havia chegado a 70. Desde então, mais três casos foram registrados.

Relembre: Sobe para 70 número de ônibus incendiados em Minas Gerais

O Governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, confirmou que os ataques a ônibus que ocorreram no estado nos últimos dias partem de uma facção criminosa que atua em todo o país.

Relembre: Governador de Minas Gerais confirma que ataques a ônibus partem de facção criminosa

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, prometeu uma verba para combater os ataques a ônibus no estado.

Relembre: Jungmann promete R$ 50 milhões para combater ataques a ônibus em Minas Gerais

Leia também: Minas Gerais contabiliza 60 ataques a ônibus em 29 cidades, nos últimos quatro dias

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta