Diante de 33 casos de assalto a ônibus e vandalismo, empresa de Campinas pede policiamento em linhas

Em três meses, 17 ônibus foram vandalizados e 16, assaltados. Foto: SetCamp

VB Transporte protocolou ofício nos comandos da Guarda Municipal, Polícia Militar, Policia Civil e para a Secretaria Municipal de Segurança

ADAMO BAZANI / JESSICA MARQUES

Diante de 33 casos registrados de assalto a ônibus e vandalismo em apenas três meses, uma empresa de ônibus de Campinas solicitou policiamento nas linhas no transporte público da região.

O pedido foi protocolado pela VB Transporte, concessionária do transporte coletivo urbano de Campinas, nesta terça-feira, 12 de junho de 2018. O documento foi enviado para os comandos da Guarda Municipal, da Polícia Militar, da Policia Civil e para a Secretaria Municipal de Segurança.

“A medida foi tomada no sentido de solicitar policiamento ostensivo e preventivo nos locais de maior incidência de assaltos e vandalismo” — informou o SetCamp (Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano e Urbano de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas).

 

O período levado em consideração para o levantamento de ocorrências foi de 4 de março a 10 de junho de 2018. Neste intervalo, foram 17 casos de assalto e 16 registros de ônibus vandalizados, conforme consta no documento protocolado pela empresa.

A solicitação de policiamento foi para o entorno do Terminal Ouro Verde e Parque Oziel, próximo à rodovia Santos Dumont.

Confira o pedido na íntegra:

43061a59-5a9d-4ddd-abdf-f9d3217611e1

79171f3c-7b81-4111-bf3a-989056b1467a

Relembre: Motorista de ônibus fica ferido em ação de vandalismo em Campinas

Leia também: Vandalismo e assaltos em Campinas tiram cinco ônibus de circulação neste domingo

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: