Empréstimo do BID de US$ 31,7 milhões é aprovado para Programa de Transporte e Logística de Maracanaú (CE)

Publicado em: 5 de junho de 2018

Senador Armando Monteiro (à esq. na bancada), relator do projeto que autoriza contratação de crédito entre o município de Maracanaú (CE) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), no valor de US$ 31,7 milhões. Foto: Pedro França / Agência Senado

Prefeitura busca recursos para projeto do Translog pelo menos desde 2016

JESSICA MARQUES

Um empréstimo de US$ 31,7 milhões foi aprovado pela CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) para a cidade de Maracanaú, no Ceará, nesta terça-feira, 5 de junho de 2018.

O crédito externo vem do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para financiar parte do projeto do Translog (Programa de Transporte e Logística Urbana de Maracanaú).

Maracanaú, localizada na Região Metropolitana de Fortaleza, é o maior centro industrial do estado do Ceará.

Segundo informações do Senado, o pedido para contratação de crédito externo (MSF 48/2018) foi convertido em um projeto de resolução que segue agora com pedido de urgência para votação do Plenário.

“A operação garantida pela União tem prazo total de 300 meses, com contrapartidas do município e atualização pela variação cambial” –  informou o Senado, em nota.

O objetivo do TransLog é investir na infraestrutura e mobilidade urbana de Maracanaú. O programa prevê obras de melhoria nos principais corredores da cidade, interligação dos bairros periféricos com a Região Central do Município, integração dos diversos modais de transporte (ônibus, metrô e bicicletas, através das ciclovias e ciclofaixas) e otimização da logística para escoamento da produção dos distritos industriais.

“O programa a ser financiado promove melhorias na infraestrutura de transportes e no sistema viário contribuindo para redução de acidentes de trânsito, facilitando o deslocamento da carga urbana, do transporte coletivo e não motorizado” – disse o relator, senador Armando Monteiro, em nota.

A Prefeitura de Maracanaú busca recursos para o programa de Transporte e Logística pelo menos desde 2016. Na época, o prefeito esteve em Brasília, na sede do BID, para iniciar a captação de financiamento internacional.

A expectativa é de conclusão do processo de financiamento era até o primeiro semestre de 2017.

Leia também: Plano de Mobilidade e Logística da Baixada Santista receberá apoio de agências europeias

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Comentários

  1. SDTConsultoria em Transportes disse:

    …Penso ser dispensável perguntar sobre PROJETOS para todas estas mudanças….

Deixe uma resposta para SDTConsultoria em Transportes Cancelar resposta