Circulação de ônibus começa a ser retomada em Manaus e veículos devem operar com 60% da frota

Sinetram prevê operação de pouco mais da metade da frota

População amanheceu sem ônibus na manhã deste sábado

JESSICA MARQUES

Após os ônibus de Manaus amanhecerem nas garagens, com suspensão total da circulação por conta da greve, a frota começou a circular neste sábado, 2 de junho de 2018.

O Sinetram (Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas) havia informado que 100% da frota estava paralisada no início da manhã. Após algumas horas, o sindicato informou que os veículos começaram a sair das garagens e a previsão de operação é de 60% da frota.

ACORDO

Na sexta-feira, os trabalhadores e as empresas tentaram acordo no Ministério Público do Trabalho. Houve acordo no reajuste de 5,19% com relação aos dissídios de 2017 e 2018, contudo, o Sindicato dos Rodoviários solicitou suspensão das multas de quase R$ 20 milhões pela realização da greve nesta parte, não houve acordo.

O Ministério Público do Amazonas solicitou, em Ação Civil Pública, que fosse aplicada uma multa caso 75% da frota não operasse. O documento também cobra multa de R$ 1 mil aos trabalhadores, por dano moral coletivo. A Justiça ainda não se pronunciou sobre o pedido.

Jessica Marques para o Diário do Transporte

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

  1. Rogerio Belda disse:

    As empresas e os empregados devem ter cuidado, porque os manauaras conhecem caminhos, atravessando igarapés, que permitem chegar até o centro da cidade. Rogerio Belda

Deixe uma resposta