Ministra Carmen Lúcia abre sessão do STF: “A democracia é o único caminho possível”

Foto: Divulgação

Presidente do STF, Carmen Lúcia, não fez referência a manifestantes que clamam por intervenção militar, mas o recado foi direto

ALEXANDRE PELEGI

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, fez um pronunciamento há poucos minutos abordando a greve dos caminhoneiros e crise de abastecimento no país.

O pronunciamento foi feito no início da sessão desta quarta-feira do STF.

A ministra não fez qualquer referência aos pedidos por intervenção militar feitos por parcela dos manifestantes nos bloqueios em rodovias, mas frisou não existir alternativa à democracia no Brasil:

Não nos afastaremos dos nossos deveres. Não fazemos milagres, fazemos direito. E ele será garantido. Regimes sem direitos são de um passado que não se pode esquecer”, afirmou Carmen Lúcia.

Em seu pronunciamento, a ministra afirmou ainda: “a construção permanente do Brasil é nossa e ela é permanente, democrática e comprometida com a ética. Não há escolha de caminho. A democracia é o único caminho possível’.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta