Governo do Rio anuncia redução do ICMS do diesel em acordo com caminhoneiros do estado

Foto: Divulgação

Pezão diz que categoria se comprometeu a suspender paralisação na sexta e no sábado. Suspensão da greve a partir de segunda-feira, no entanto, dependerá de acordo costurado pela liderança nacional com o governo federal

ALEXANDRE PELEGI

Em anúncio oficial na noite desta quinta-feira, dia 24 de maio, o Governo do Rio de Janeiro anunciou que fechou uma trégua com os caminhoneiros do estado.

O compromisso firmado garante que as estradas do estado não serão mais bloqueadas nesta sexta e sábado. Em troca o governador ofereceu redução no ICMS do diesel de 16% para 12%.

Em informe da Assessoria de imprensa do Palácio Guanabara, o Governador Pezão anunciou o acordo: “Hoje, foi uma grande conquista para todos nós. Estou atendendo um apelo já antigo de toda essa categoria de trabalhadores. Vi também dentro das nossas finanças. A gente estava perdendo muito embarque de combustível daqui para São Paulo. Tô igualando com a alíquota de São Paulo. Espero amanhã estar acertado isso publicando no Diário Oficial”.

O Governador garante que a proposta foi aceita pelos caminhoneiros.

Pelo acordo, os caminhoneiros agora suspenderão os bloqueios nas estradas do estado nesta sexta-feira (25) e no sábado (26).

Pezão informou ainda que os caminhoneiros se comprometeram em normalizar as atividades de distribuição no estado até as 11h de amanhã, sexta-feira (25).

A suspensão definitiva do movimento a partir de segunda-feira (28), no entanto, está condicionada à liderança nacional da greve.

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro informou em nota que o governo também estuda mudar o recolhimento do ICMS do setor de transportes de cargas. O recolhimento não seria cobrado mais das transportadoras, mas das empresas que contratam os serviços de transporte.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

 

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta