Estação Brás da CPTM recebe exposição sobre vítimas de violência sexual

Exposição reúne 16 painéis no Espaço Cultural da estação

Mostra fotográfica fica disponível até 12 de junto no local, que atende as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A estação Brás da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) está com uma exposição sobre vítimas de violência sexual. A mostra fica disponível até 12 de junho no local, que atende as linhas 10-Turquesa, 11-Coral e 12-Safira.

A ação é promovida pelo coletivo feminista Capitus com apoio da CPTM.  “O projeto Sobre(viver) – O que acontece depois do estupro, visa discutir como viver depois do trauma” – informou a Companhia, em nota.

A mostra fotográfica reúne 16 painéis no Espaço Cultural da estação. “Ao expor as emoções das mulheres vítimas de tal violência, as imagens artísticas despertam a pluralidade de sentimentos e pensamentos após a agressão, revelando o quão solitário são os dias pós estupro”.

O objetivo do coletivo Capitus é dar voz às mulheres, que anseiam por contar seu lado da história, em vez da versão narrada pelos homens.

Serviço:

Exposição “SOBREviver o que acontece depois do estupro”

Data: 22/05 a 12/06

Local: Estação Brás (10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira)

Grátis para usuários

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta