Prefeitura de São José dos Campos promete agilizar trajeto de 18 linhas de ônibus com construção de ponte estaiada

Projeto foi feito pelo mesmo engenheiro que projetou a ponte estaiada de São Paulo.

Arco da Inovação está previsto para ser concluído em 14 meses

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A Prefeitura de São José dos Campos, no interior de São Paulo, promete desafogar o trânsito e agilizar o trajeto de 18 linhas de ônibus da cidade com a construção de uma ponte estaiada. Chamada Arco da Inovação, a obra está prevista para ser concluída em 14 meses, servindo como opção para o trecho das avenidas São João e Jorge Zarur.

Atualmente, o principal ponto de congestionamento é a rotatória do Colinas, na zona centro-oeste de São José, segundo informações da própria prefeitura. Os ônibus e carros levam cerca de 20 minutos para passar pelo local.

O Arco será financiado pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). O edital tem valor de R$ 62,9 milhões, conforme informado pela Prefeitura.

“Escolhemos construir o Arco pois é o local onde passa mais gente, o principal ponto de gargalo da cidade. Com esse recurso, a gente atende ao maior número de pessoas” – informou a Secretaria de Mobilidade.

A forma de construção da ponte estaiada foi escolhida para economizar recursos. “Se fosse adotado o método convencional, a ponte teria 120 metros a mais de cada lado. O custo seria mais alto e inviabilizaria a obra” – justificou a Pasta.

O projeto da ponte foi feito pelo engenheiro Catão Francisco Ribeiro, segundo informações da Prefeitura. Foi o mesmo profissional que projetou a ponte estaiada de São Paulo.

Em São José dos Campos, serão construídos dois viadutos, um sobre o outro, para ligar as avenidas Jorge Zarur (sentido bairro) e Cassiano Ricardo.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta