Prefeitura quer duas empresas operando em Caxias do Sul em 2020

Contrato de concessão com a Visate termina em dois anos

Edital já está sendo elaborado e prevê outras mudanças para a operação do transporte público

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A Prefeitura de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, quer duas empresas operando na cidade em 2020, quando vence o contrato de concessão com a Visate, atual responsável pela operação do transporte coletivo urbano.

Além disso, outras mudanças estão previstas para serem colocadas em prática no transporte público municipal com a licitação que será feita em 2020. O secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade, Cristiano de Abreu Soares, informou ao portal Pioneiro que o edital já está sendo elaborado.

Todas as mudanças serão discutidas com a população e com a Câmara de Vereadores, segundo informações da Prefeitura.

Entre as principais mudanças que serão realizadas, destaca-se a operação com duas empresas na cidade. Contudo, as concessionárias não competiriam pelos mesmos passageiros, pois as linhas seriam divididas entre as companhias.

Outra mudança projetada é a implantação do acompanhamento dos ônibus via GPS. Atualmente, o controle é feito pela própria Visate, mas a intenção da Prefeitura é transferir essa estrutura para a Secretaria de Trânsito, assim como o serviço de recebimento de reclamações, que hoje está sob responsabilidade da própria concessionária.

Por fim, outra alteração citada como importante é o fato de a Prefeitura assumir o sistema de bilhetagem eletrônica. Para recarregar o cartão, por exemplo, a estrutura seria oferecida pela administração municipal.

Quando ao reajuste da tarifa, seguiria sendo anual, porém com outro modelo de cálculo. A planilha que consta no contrato seria substituída por outro sistema que ainda não foi definido.

A Prefeitura também não descarta rever algumas gratuidades no transporte coletivo urbano para baixar a tarifa. É possível que haja limitação no benefício para idosos e o fim do passe-livre no último domingo de cada mês.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta