Primeiro dia da Ação em Mongaguá agrada aos passageiros

Ônibus não são zero quilômetro, mas são mais novos que os da Beira Mar

Empresa foi contratada emergencialmente no lugar da Beira Mar. Passageiros devem cobrar ressarcimento de créditos da antiga companhia

ADAMO BAZANI

O primeiro dia de operação da Ação Transportes e Turismo, em Mongaguá, no litoral paulista, transcorreu normalmente e agradou aos passageiros, de acordo com a prefeitura.

A companhia de ônibus assumiu nesta segunda-feira, 07 de maio de 2018, os serviços por 180 dias, por meio de contrato emergencial, no lugar da Viação Beira Mar, que operava há cerca de 30 anos na cidade, mas que nos últimos meses, vinha apresentando problemas como atrasos nos pagamentos de funcionários, provando greves, e frota insuficiente por causa da manutenção precária.

Em fevereiro, por exemplo, dos 12 ônibus que a Beira Mar tinha, apenas um estava funcionando. O restante estava quebrado.

O sistema de transportes de Mongaguá atende por dia, em média, 12 mil passageiros.

A Ação está com uma frota de 17 veículos, sendo 13 ônibus escalados, dois micro-ônibus e mais dois ônibus reservas,

A empresa não aceita a bilhetagem antiga da cidade e os passageiros, segundo a prefeitura, devem cobrar o ressarcimento dos créditos da Beira Mar.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta