Guarulhos mobiliza esquema especial para reduzir efeitos da greve de ônibus

Foto: Rodrigo M. Correi Ônibus Brasil

Paralisação atingiu 19 linhas municipais das regiões de Bonsucesso e Pimentas, prejudicando cerca de 59 mil usuários

ALEXANDRE PELEGI

Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito de Guarulhos autorizou os permissionários das linhas entre os bairros e o Terminal Pimentas a esticarem em seus percursos até a região central.

A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito de Guarulhos autorizou os permissionários das linhas entre os bairros e o Terminal Pimentas a esticarem em seus percursos até a região central. A medida tomada em caráter emergencial busca mitigar os transtornos causados aos passageiros pela greve na Viação Campo dos Ouros e na Atual, que faz linhas intermunicipais.

Além dos permissionários, coletivos da Viação Guarulhos e da empresa Vila Galvão estão sendo deslocados para atender aos passageiros.

A greve foi deflagrada pelo Sincoverg (Sindicato dos Condutores) de forma repentina no início desta madrugada, com os motoristas sendo impedidos de sair das garagens.

O motivo alegado para a paralisação foi o atraso no pagamento do Vale Alimentação dos funcionários, que deveria ter ocorrido ontem, segunda-feira, dia 7 de maio.

O pagamento poderá ser feito ainda no decorrer desta terça-feira, o que interromperia a paralisação dos motoristas.

A greve atingiu 19 linhas municipais das regiões de Bonsucesso e Pimentas, prejudicando cerca de 59 mil passageiros.

A Viação Atual atende a 5 linhas da EMTU, entre Guarulhos e São Paulo.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta