Em ação judicial, Visate pede passagem a R$ 4,30 em Caxias do Sul

Essa foi a terceira ação ajuizada pela empresa contra a Prefeitura de Caxias do Sul.

Valor definido pelo município do Rio Grande do Sul foi R$ 3,85 para 2018

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Em ação judicial, a Visate (Viação Santa Tereza) pediu que o valor da passagem fosse para R$ 4,30 em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A concessionária do transporte coletivo contestou o valor de R$ 3,85 definido pela cidade para 2018.

Segundo a ação, a Visate pede que o reajuste seja aplicado em caráter liminar. Em 2017, a empresa solicitou que o valor da tarifa fosse de R$ 4,25. Na época, a Justiça definiu R$ 3,70 como valor provisório.

Essa foi a terceira ação ajuizada pela empresa contra a Prefeitura de Caxias do Sul. A concessionária também já questionou o valor da tarifa de 2017 e o contrato firmado com a cidade até 2016.

O relatório da empresa considerou a previsão de compra de 50 novos ônibus para manter a frota com idade média de cinco anos. Essa foi uma das justificativas para o aumento proposto. Como os ônibus ainda não foram comprados, o valor de R$ 3,85 foi definido como tarifa vigente.

A Visate também relatou um prejuízo de R$ 22.574.076,67 com a operação do transporte coletivo de Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul. A empresa citou o valor, que estaria corrigido pela inflação, em uma ação ajuizada contra a Prefeitura em abril de 2018.

Relembre: Visate relata perda de R$ 22,6 milhões com transporte coletivo de Caxias do Sul

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta