Em um mês, DFTrans bloqueia 7 mil cartões do passe livre por irregularidades

Órgão analisou 30 mil imagens de passageiros que utilizaram cartão de gratuidade

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE*

*Com informações do G1

Em um mês de utilização do sistema de biometria facial no transporte coletivo do Distrito Federal, o DFTrans bloqueou 7 mil cartões do passe livre por irregularidades. Conforme um balanço feito pelo órgão e informado ao G1, 23% dos acessos foram reprovados, após 30 mil imagens analisadas de passageiros que utilizaram cartões de gratuidade.

Ao todo, 240 mil alunos do Distrito Federal têm direito ao passe livre estudantil. Até o momento, a análise foi feita em duas empresas e contemplou apenas 12,5% dos acessos.

Segundo informações do DFTrans, os 7 mil bloqueios realizados representam um valor de quase R$ 18 milhões. A previsão do órgão é de que até 20 de maio todo o sistema de transporte público tenha biometria e monitoramento via GPS.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Comentários

Deixe uma resposta