Linha de ônibus de Maceió tem operação suspensa

Linha operou por quatro meses

Moradores da capital alagoana amanheceram sem os serviços da 705 – Forene / Ponta Verde (via Centro / Rodoviária) neste sábado

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Os moradores de Maceió, capital alagoana, amanheceram sem os serviços da linha de ônibus 705 – Forene / Ponta Verde (via Centro / Rodoviária) neste sábado, 21 de abril de 2018. O itinerário foi suspenso pela SMTT (Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito).

O aviso da suspensão da linha foi publicado na noite de sexta-feira, 20 de abril, após avaliação feita pela Superintendência. “A SMTT constatou a insuficiência de demanda e, devido a isto, a partir de sábado (21), esta linha terá sua operação suspensa. A cobertura será feita por outras linhas que operam no percurso” – informou o órgão, em nota.

O itinerário contemplava a parte baixa da cidade, passando também pelo Maceió Shopping, na Avenida Dona Constança. O deslocamento era feito pelos principais corredores da cidade, portanto, era uma opção mais rápida para os moradores.

A linha operou por quatro meses durante um período de experiência, que começou em 18 dezembro de 2017. Ao todo, nove veículos compunham a frota, operada pelas empresas Real Alagoas e São Francisco.

“Ao final do período de experiência, a oferta de veículos caiu de nove para cinco e houve uma redução de 17% nas viagens, o que mostra que a expectativa de utilização, um dos pilares para permanência da linha, não foi atingida” – avaliou a SMTT.

O trajeto percorrido pela linha 705 já era atendido por outras linhas que, segundo a Superintendência, serão reforçadas. São elas a 712 – Santos Dumond / Ponta Verde; 716 – Clima Bom / Ponta Verde; 706 – Eustáquio Gomes / Ponta Verde e outras que passam pela região.

“Os usuários poderão continuar usufruindo do benefício da integração temporal para utilizar mais de um ônibus e pagar apenas uma passagem. Para a utilização desse serviço, o usuário poderá entrar em contato com a SMTT por meio do número 118 e se informar quais conjuntos de linhas possuem o benefício.”

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta