Média mensal de acidentes automobilísticos fatais aumentou 47,7% no Distrito Federal

Resultado é o pior desde 2015. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Número de mortes no trânsito também teve crescimento de 55,5%

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

A média mensal de acidentes automobilísticos fatais aumentou 47,7% no Distrito Federal em 2018, comparando o primeiro trimestre deste ano com o mesmo período de 2017. Ao todo, foram 80 casos contabilizados até 30 de março.

O número de mortes no trânsito também cresceu no período. O aumento foi de 55,5%, pois foram 84 óbitos nas estradas do Distrito Federal nos três primeiros meses desse ano, segundo balanço divulgado pelo Detran/DF (Departamento de Trânsito).

Os dados divulgados ainda são preliminares. Ao longo de abril, o Detran acompanha o estado de saúde das vítimas hospitalizadas, para atualizar as estatísticas caso ocorra outro óbito em decorrência de um acidente de trânsito.

O balanço apresentado pelo Detran em 2018 é o mais grave desde 2015, ano em que foram registrados 91 acidentes e 97 mortes nos três primeiros meses, nas vias do Distrito Federal.

Segundo informações publicadas pelo Correio Braziliense, o programa Brasília Vida Segura, da Secretaria de Mobilidade, está monitorando o crescimento no número das mortes e dos acidentes de trânsito. O secretário da pasta, Fábio Damasceno, informou ao jornal que a intensidade das chuvas e o excesso de velocidade podem ter contribuído para o aumento dos registros.

“A fase agora será a de ir ao ponto onde ocorreu e analisar as possíveis causas: é problema na via? Falta fiscalização? É preciso reduzir a velocidade? É um ponto crítico, com várias ocorrências ou casos isolados? A partir dessas respostas, vamos atuar para evitar que aconteçam novamente” – afirmou.

Compartilhe a reportagem nas redes sociais:
Comentários

Deixe uma resposta