Casal monta altar em ônibus e realiza casamento durante viagem pelo Recife

Ônibus da MobiBrasil serviu de cenário para o desfecho de uma história de amor na capital pernambucana

ALEXANDRE PELEGI

O cenário pode ser inusitado, mas não se pode negar que o romantismo é o principal ingrediente quando se trata de amor. Uma viagem de ônibus, que serviu para que dois jovens se conhecessem e se apaixonassem, foi o cenário escolhido dez anos depois para sacramentar a união.

Na manhã desse domingo,15 de abril, um ônibus da MobiBrasil em Recife, ao invés de passageiros, carregou um altar em seu interior.

Foi o local escolhido para o a realização do casamento de Sandro Marinho e Maria Nazaré, que exatos dez anos antes haviam se conhecido e se apaixonado em uma viagem de ônibus.

Com o ônibus em movimento, para reproduzir o instante do primeiro encontro, Sandro e Nazaré celebraram seu casamento no mesmo dia em que se viram pela primeira vez.

Local de encontro, esta não é a primeira vez, nem será a última, em que histórias de amor surgem no caminho de casa para o trabalho ou para a escola. Os ônibus permitem não apenas o (re)encontro de conhecidos, como o surgimento de novas amizades e romances.

A união do casal Sandro e Nazaré é mais uma comprovação de que os ônibus, partem de nossas viagens diárias, fazem parte das muitas viagens que realizamos em vida: de alegrias, tristezas, amores e despedidas.

Para Sandro e Nazaré tudo começou quando ambos ainda eram estudantes, e se viram pela primeira vez no ônibus da MobiBrasil que faz a linha 432-CDU/Várzea. Nazaré, que chegara do sertão de Pernambuco para cursar a faculdade e morar no Recife, foi surpreendida em meio à correria diária para a faculdade ao se deparar com o amor à primeira vista.

Sandro Marinho confirma a história, e explica o local para sacramentar a união: “O fato de termos nos conhecido no ônibus gerou em nós a vontade de realizar nosso casamento no ônibus e estamos muito felizes pela realização do nosso sonho, ficou tudo muito lindo como imaginamos”.

A cerimônia foi realizada por um pastor, com a troca das alianças e a presença de parentes e amigos do casal no interior do coletivo. O coletivo seguiu da Praça da Várzea até o bairro da Boa Vista, onde os noivos foram recepcionados com um baile de carnaval com a apresentação do Bloco Lírico Boêmios da Boa Vista, do qual o casal é integrante.

Revivemos toda emoção do nosso primeiro encontro, casando na mesma data que nos encontramos, agradeço a MobiBrasil que nos cedeu esse ônibus lindamente decorado e a todos que nos apoiaram na realização desse sonho”, afirmou a noiva.

Veja algumas fotos do casamento de Sandro e Nazaré:

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: