Delegação de faculdade americana visita o Brasil para buscar parcerias em tecnologia

Fruto de parceria entre a Florida Polytechnic e a Fiap, evento teve como uma das discussões a criação de carros autônomos

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Uma delegação da faculdade americana Florida Polytechnic visitou o Brasil entre os dias 30 de março e 4 de abril de 2018 para buscar parcerias e oportunidades na área de tecnologia. Executivos da instituição de ensino tiveram encontros com representantes de empresas públicas e privadas brasileiras durante o período.

A Florida Polytechnic discute, desde sua fundação, a criação de carros autônomos. O tema foi abordado no evento da Fiap. “Em outros comprimissos agendados, a delegação pode interagir com mais de 2 mil estudantes de Engenharia de duas faculdades, FIAP e Facens” – informou a instituição, em nota.

Entre os representantes que estiveram no Brasil, compareceram Randy Avent, presidente da Florida Polytechnic University, Mustapha Achoubane, diretor internacional da faculdade, Mustafa Akbas e Shahram Taj, professores da instituição. A universidade estadual da Flórida é a única dedicada às Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

Durante os encontros, convênios para trocas de experiências e trabalhos foram assinados com instituições brasileiras. Entre as atividades, estava o workshop “Artificial Inteligence e os Impactos no Mercado Hoje e Amanhã”, promovido pela Poly em parceria com a brasileira Fiap, um centro de ensino tecnológico com foco em drones, minofoguetes e aplicativos.

Segundo a Fiap, no primeiro painel conjunto entre as duas faculdades, foram debatidos os impactos da inteligência artificial e as grandes oportunidades de mercado que esta nova revolução tecnológica criará. No evento, diversas empresas estiveram presentes, como IBM, Oracle, Microsoft e E&Y.

“A Inteligência Artificial já está presente no nosso dia a dia e deve ser ainda mais impactante em todos os segmentos tecnológicos, organizacionais e na sociedade como um todo em um futuro bem próximo. Ela, sem dúvida, a próxima revolução, tão ou mais relevante que o surgimento da internet, e devemos discutir com profundidade todos os impactos que essa tecnologia revolucionária ocasionará no mercado e em nossas vidas. Nos próximos anos, todos os setores da economia serão impactados por essa revolução. Waze, Spotify, Netflix, entre outras aplicações, já utilizam IA para criar serviços e experiências que antes eram considerados impossíveis. Mas como vai ser este novo mundo?” – disse Avent, durante o painel.

Também participaram do evento Gustavo Gennari e Wagner Sanchez, respectivamente, fundador e presidente e diretor Acadêmico da FIAP; Fernando Lemos, vice-presidente de Inovação, Digital Transformation e Cloud da Oracle; Gustavo Gattass Ayub, Data & AI Sr Product Marketing Manager da Microsoft; Claudio Pinhanez, Cientista de IA da IBM; e Dênis Balaguer, líder de Inovação para a América Latina Sul da EY.

Segundo informações da Fiap, os educadores americanos também visitaram centros de pesquisa e empresas brasileiros, com o objetivo de unir forças para futuras colaborações de pesquisa. Um dos encontros foi com Ozires Silva, fundador da Embraer, em São José dos Campos, em São Paulo.

 “Essa visita foi uma oportunidade de ouro para a Florida Poly, pois poderemos desenvolver uma colaboração rica com o Brasil, tnato com as faculdades como com empresas de alta tecnologia. Para nós, o Brasil é de fundamental importância para começarmos uma estratégia de aproximação com instituições da América Latina. Já fazemos esse tipo de parecria com instituições internacionais, com ganho para todos os envolvidos. Aproveitamos o conhecimento e dinamismos brasileiros e oferecemos nossa expertise em inovação e tecnologia. Sem dúvida, é uam troca que beneficia os dois lados” – disse o presidente da Florida Polytechnic University.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: