Fiscalização registra mais de 123 irregularidades em ônibus de Maceió

Quatro empresas de ônibus foram fiscalizadas em Maceió

Ação foi feita pela SMTT e identificou que 66 coletivos circulam com idade acima da permitida na cidade

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

Uma fiscalização feita pela SMTT (Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito) em Maceió registrou mais de 123 irregularidades no transporte coletivo da cidade. A ação foi realizada na noite desta sexta-feira, 6 de abril de 2018.

“Ao todo, 66 ônibus circulam com a idade acima da permitida, 22 em mau estado de conservação, 16 sem o selo de vistoria, seis com o selo vencido, oito com elevadores quebrados e cinco ônibus com pneus gastos” – informou a SMTT, em nota.

A fiscalização é parte da Operação Coletivo seguro, que tem como objetivo fiscalizar os ônibus nas garagens das empresas de transporte público de Maceió. De acordo com a superintendência, foram quatro empresas fiscalizadas: “Cidade de Maceió, Real Alagoas, São Francisco e Veleiro”.

A idade máxima permitida para operar na cidade é dez anos. A avaliação do estado de conservação dos veículos levou em consideração os bancos, as janelas, os retrovisores e as partes elétrica e mecânica. Pendências com relação à documentação também foram identificadas.

“Participaram da operação o superintendente e sua assessoria, a Divisão de fiscalização de coletivos, a Divisão de fiscalização de regulares, a Divisão de fiscalização de irregulares, a Assessoria de transporte, e o Grupamento de Ações Táticas de Transporte” – disse o assessor técnico de Transporte, Alexandre Serafim, também por meio de nota.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: