Começam obras complementares do Corredor Metropolitano Biléo Soares, em Hortolândia

Previsão do governo é de que obras beneficiem 35 mil usuários por dia. Foto: Divulgação

Em Americana e Santa Bárbara D´Oeste, foram entregues cinco quilômetros de faixa exclusiva para ônibus

JESSICA SILVA PARA O DIÁRIO DO TRANSPORTE

As obras complementares do Corredor Metropolitano Biléo Soares, em Hortolândia, começaram nesta segunda-feira, 12 de março. O Viaduto Jean Nicolini, em Nova Odessa, também começou a ser construído junto às intervenções.

Segundo informações do Governo do Estado de São Paulo, também foram entregues cinco quilômetros de faixa exclusiva para ônibus em Americana e Santa Bárbara D´Oeste, além das Estações de Transferência Amizade e São Paulo e cinco paradas do corredor de ônibus que fica entre Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D´Oeste.

A previsão de demanda para o trecho é de 35 mil usuários por dia. Ainda de acordo com informações do governo. O início das obras foi anunciado pelo governador Geraldo Alckmin.

O Corredor Biléo Soares tem como objetivo organizar o transporte público entre as cidades localizadas na Região Metropolitana de Campinas. “O novo sistema acompanha o crescimento dos municípios da região e permite a melhoria das condições ambientais, com a redistribuição das linhas e frota adequada em circulação, o que contribui para redução da poluição ambiental”, informou a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos de São Paulo), por meio de nota.

As obras complementares do corredor, que fica entre Campinas e Hortolândia, terão com 5,4 quilômetros de extensão. Os próximos passos serão a conclusão do alargamento da Rua José João da Silva até à Ponte Estaiada, em Hortolândia e a execução de um novo viário de interligação, partindo da ponte até a Avenida Antônio da Costa Santos.

A Ponte Estaiada foi construída pela Prefeitura e vai ligar o Corredor à rodovia SP-101, quando as obras estiverem prontas. Além disso, as obras também incluem “a implantação das Estações de Transferência Peron e Rosolém, cinco paradas para embarque e desembarque, Parada III da Av. Lix da Cunha, em Campinas, e o CCO da Região Metropolitana de Campinas, em Hortolândia, para atividades inerentes à EMTU, como inspeção de frota, fiscalização e estocagem de veículos apreendidos, entre outras”, informou a EMTU, em nota.

As obras serão executadas pelo Consórcio Souza Compec/Etama. O investimento total é de R$ 52,8 milhões e o prazo de conclusão das intervenções é de 16 meses.

Obras do viaduto Jean Nicolini

O viaduto Jean Nicolini está previsto para ser concluído no segundo semestre de 2018, segundo informações da EMTU. As obras tiveram início em maio de 2017 e custaram aos cofres públicos R$ 58,3 milhões.

O viaduto está sendo construído em Nova Odessa para ligar a Avenida Ampélio Gazetta com a Rodovia Astrônomo Jean Nicolini. A intenção da passagem é otimizar o fluxo de veículos entre Americana e Sumaré.

Segundo informações do Governo do Estado, o viaduto terá 76 metros de comprimento, uma pista de sete metros de largura com duas faixas de rolamento e um vão livre de 30 metros.

As obras são parte do corredor de 24,3 quilômetros que vai ligar Nova Odessa Americana e Santa Bárbara D´Oeste. Desta extensão, 13 quilômetros serão destinados a faixas exclusivas para ônibus.

Faixa exclusiva e estações

Os cinco quilômetros de faixa exclusiva para ônibus, entre American e Santa Bárbara
D´Oeste, vão estar integrados a mais 2,7 quilômetros que estão sendo construídos.

Os pontos de parada que serão entregues são: Mônaco e Juruema, na Avenida Europa, em Americana, e Limeira, Algodão e Alfredo Contato na avenida São Paulo, em Santa Bárbara D´Oeste. Também estão sendo entregues as Estações de Transferência São Paulo e Amizade, em Santa Bárbara.

Governo do Estado promete obras prontas para 2018

Obras-1024x704

Anúncio das obras foi feito pelo Governador Geraldo Alckmin. Foto: Divulgação.

O Governo do Estado informou que algumas obras estarão concluídas até o fim de 2018 no trecho Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D´Oeste. “Neste primeiro semestre serão entregues 2,7km de viário das avenidas da Fazenda e faixas exclusivas na Laura Santos, em Santa Bárbara, com ciclovia, pontos de parada, serviços de infraestrutura hidráulica, drenagem e sinalização viária”, informou o Governo Estadual, por meio de nota.

“No segundo semestre, ainda nessa cidade, serão entregues os trabalhos de adequação do sistema viário nas Avenidas Pérola Byington, Floriano Peixoto e Tiradentes; a Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos; as paradas Prefeito Isaias e Tivoli e mais quatro pontos de parada localizados entre a Estação de Transferência Ribeirão dos Toledos e o Rodoterminal de Santa Bárbara, além da ponte sobre o Ribeirão dos Toledos.

Em Nova Odessa será entregue o Viaduto Jean Nicolini, além da drenagem da Rua João Bassora. Em Americana, serão concluídas as instalações dos pontos de parada das Avenidas Dom Pedro e S. Jerônimo”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: