Prefeito de Valinhos (SP) anuncia aumento de 10,5% na tarifa dos ônibus municipais

Foto: Fernando Martins Antunes (Ônibus Brasil)

Conselho Municipal do Transporte chegou a propor 23% de reajuste na última terça-feira (16), o que elevaria o valor da passagem para R$ 4,70; tarifa definida pela prefeitura ficou em R$ 4,20

ALEXANDRE PELEGI

Após o Conselho Municipal do Transporte Coletivo (CMTC) de Valinhos (SP) divulgar nesta terça-feira, dia 16, que o valor da tarifa dos ônibus municipais passaria de R$ 3,80 para R$ 4,70, o prefeito Oreste Vitale rejeitou a proposta e divulgou, nesta sexta-feira (19), que o valor será 50 centavos menor, R$ 4,20, a valer a partir do dia 1º de fevereiro.

O índice de reajuste proposto pelo Conselho, rejeitado pelo prefeito, era de 23,7%.

A prefeitura alterou o índice proposto pelo CMTC após se reunir com os empresários de ônibus da ‘Sou Valinhos’, empresa que opera o serviço na cidade, na noite desta quinta-feira (18).

O decreto com o valor de R$ 4,20 será publicado ainda nesta sexta-feira no Diário Oficial do Município.

Desta forma, ao invés de 23,7% de reajuste, o índice agora será de 10,5%. Mesmo assim, este índice é 3,5 vezes maior que a inflação no período, de 2,95%.

Valinhos é uma cidade com 120 mil habitantes, situada na região metropolitana de Campinas (SP).

O prefeito de Valinhos, que rejeitou o reajuste maior proposto, mas aprovou um valor superior à tarifa de cidades muito maiores, justificou o aumento concedido. Ele atribuiu a necessidade de um aumento maior aos custos dos insumos do setor de transportes,  como o preço do diesel, que aumentou 56% entre 2016 e o começo deste ano.

Outro fator foi o salário dos funcionários da empresa de ônibus, que receberam reajustes de 12%.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: