ENTREVISTA: Sistema de Vila Luzita deve receber 30 ônibus mais novos que operam em Mauá

Ônibus que operam em Mauá são mais novos que os das linha alimentadoras da Vila Luzita e podem reduzir idade média, apesar de serem usados

Informação é do proprietário da Suzantur, que opera por meio de autorização em Santo André, Claudinei Brogliato. Cidade de Mauá receberá cem ônibus 0km ainda neste ano

ADAMO BAZANI

Enquanto a licitação das 15 linhas de ônibus do sistema Vila Luzita está indefinida, com a prefeitura esperando a conclusão de um estudo sobre a rede de transportes em Santo André que ainda nem começou, a região terá ônibus mais novos.

A promessa é do proprietário da Suzantur, empresa que opera por meio de autorização a título precário, Claudinei Brogliato, em entrevista na manhã desta segunda-feira, 19 de junho de 2017, ao Diário do Transporte e à Rádio ABC – 1570 AM.

A empresa obteve um financiamento de R$ 30,3 milhões para auxiliar na compra de cem ônibus 0km para o sistema de Mauá, onde opera desde 2013, sendo que desde 2014, após licitação.

Os recursos são do Refrota, um programa de financiamento federal para a renovação de frota de ônibus urbanos em todo país, que possui R$ 3 bilhões em recursos disponíveis e que conta com verbas do FGTS – Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Dos R$ 30,3 milhões, R$ 28,7 milhões serão financiados em 72 vezes e R$ 1,5 milhão de contrapartida imediata da empresa.

“Nós vamos substituir os ônibus ano 2013 e 2014 de Mauá, que vai receber 0km, e mais ou menos uns 30 veículos desses irão para linhas alimentadoras da região da Vila Luzita, substituindo os ônibus ano 2011, que foram comprados na correria quando assumimos as operações emergenciais em Santo André” – disse Claudinei Brogliato.

A Suzantur assumiu o sistema de Vila Luzita, em Santo André, após a Expresso Guarará, empresa da família Passarelli,  que operava desde 2000 o sistema, ter declarado auto-falência em outubro do ano passado. A prefeitura abriu um procedimento de chamada por envio de carta-convite para 26 companhias de ônibus da região. A Suzantur foi a única que entregou proposta, outras empresas como Viação Curuçá Viação Guaianazes e ETURSA – Empresa de Transporte Urbano Rodoviário de Santo André, alegando que houve problemas jurídicos no chamamento, declinaram do convite.

A gestão passada, do prefeito Carlos Grana, iniciou em dezembro um processo de licitação que foi descontinuado pela atual gestão Paulo Serra, por entender que havia dúvidas e inconsistências na proposta de edital.  O contrato emergencial com a Suzantur expirou em abril deste ano, mas a prefeitura assinou autorização a título precário por tempo indeterminado para empresa continuar operando até a realização de uma nova licitação, que não tem data prevista. A prefeitura assinou contrato com uma empresa de estudos, que vai analisar a rede de transportes de Santo André e, com base nos trabalhos, deve assim lançar o novo edital para o sistema de transportes.

O sistema de Vila Luzita tem 15 linhas e responde pela maior demanda individual geográfica da cidade por 20 anos. A cidade tem uma média mensal em todo o sistema de 4,82 milhões de passageiros. Somente o sistema tronco-alimentado reúne 1,086 milhão de passageiros por mês, sendo que destes, 792,3 mil são pagantes.

Entre os ônibus novos que virão para Mauá e os usados 2013 e 2014 que serão remanejados para Santo André, estão modelos mídis (micrões) e convencionais.

OUÇA ENTREVISTA NA ÍNTEGRA:

Suzantur vai repassar 30 ônibus para Santo André

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em ENTREVISTA: Sistema de Vila Luzita deve receber 30 ônibus mais novos que operam em Mauá

  1. Santo André vai contar com 15 apaches VIP 3 wolks 15.190 OD, 13 apaches VIP 3 wolks 17.230 OD, mais 2 grand via 2011 trucado o granvia Midi 2014, segundo minhas humildes contas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: