Multas contra Piracicabana em Santos mais que dobram

Companhia de Engenharia de Tráfego detectou problemas como descumprimento de horários, tempo de viagens, condições inadequadas de veículos e falta de limpeza

ADAMO BAZANI

A Viação Piracicabana, operadora do transporte municipal em Santos, não tem cumprido diversas determinações previstas em contrato, de acordo com a CET – Companhia de Engenharia de Tráfego da cidade do Litoral Paulista.

No Diário Oficial da Cidade, o órgão fiscalizador e gestor publicou a relação de multas.

Em 2015 foram 90 autuações. Já em 2016, esse número subiu para 184 multas.

No ano retrasado, as sanções somaram R$ 148,2 mil. Em 2016, passaram para R$ 178,7 mil.

Entre os principais problemas detectados pela prefeitura,  estão descumprimento de horários; quebras de trajetos; condições inadequadas dos ônibus e falta de limpeza.

Somente neste ano, já foram aplicadas 45 multas que somam R$ 10,64 mil.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes