Novo BRT de Goiânia deve ficar pronto em março de 2019

Em operação o BRT se estenderá por 21 km em Goiânia e mais 7 km até Aparecida de Goiânia

ALEXANDRE PELEGI

As empresas EPC de Brasília e WVG de São Paulo, que formam o Consórcio que administra a obra do BRT de Goiânia, afirmam que finalizarão a obra em março de 2019. O custo da obra está avaliado em R$ 242 milhões. A data divulgada ontem surgiu após acordo entre a Prefeitura de Goiânia e o Consórcio, em que a Administração garantiu que pagará os serviços faturados até o momento.

Em operação o BRT se estenderá por 21 km em Goiânia e mais 7 km até Aparecida de Goiânia. Serão utilizados veículos articulados (estão previstos cerca de 100 ônibus), com paradas em 39 plataformas e seis terminais de integração. A estimativa é que o sistema transporte mais de 120 mil usuários por dia. O trecho Norte, entre os terminais Rodoviário e Recanto do Bosque, deve ser o primeiro a entrar em funcionamento, com previsão para o final deste ano.

Hoje 21% das obras do BRT já foram concluídas. Quando pronto, o sistema de ônibus atravessará 148 bairros, com pistas no centro das vias, de nível elevado, no sentido bidirecional, com abertura das portas à esquerda. No Centro de Goiânia as paradas serão mantidas do lado direito, no acostamento da pista.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes

2 comentários em  Novo BRT de Goiânia deve ficar pronto em março de 2019

  1. Muito bem vinda essa melhoria!

  2. BRT extencao terminal cruzeiro ao veiga jardim, sairá do papel? Quando começam as obras, que eram para serem as primeiras do brt.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: