Conselho autoriza aumento da passagem em Porto Alegre. Prefeito deve decidir

Tarifa de ônibus passa a R$ 4,05, índice acima da inflação

ALEXANDRE PELEGI

A tarifa de ônibus de Porto Alegre deve aumentar, subindo dos atuais R$ 3,75 a R$ 4,05. O índice de reajuste, de 8%, fica acima da inflação anual do IPCA, que em fevereiro mediu 6,32%. Essa foi a decisão ontem aprovada pelo Conselho Municipal de Transporte Urbano (Comtu), em reunião realizada na sede da EPTC – Empresa Pública de Transportes e Circulação. A decisão do Comtu esperou pelo acordo entre rodoviários e empresas, que chegaram a um acordo de 5,5% nos salários.

A decisão do novo valor segue agora para sanção do prefeito Nelson Marchezan Júnior, que pode decidir por sacramentar o aumento nos próximos dois dias. A decisão do Comtu teve 14 votos a favor do aumento e três contra. Votaram contra a União Metropolitana dos Estudantes Secundários de Porto Alegre (Umespa), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a União das Associações de Moradores de Porto Alegre (Uampa).

Houve protestos de estudantes secundaristas. A prefeitura realizou uma pesquisa pela internet para que ouvir a população sobre eventuais alterações nas regras que poderiam afetar a composição do valor da tarifa. Um dos itens da pesquisa referiu-se à isenção da segunda passagem, válida para todos que usam cartão e que pegam ônibus até uma hora após o primeiro utilizado no percurso.

Alexandre Pelegi, jornalista especializado em transportes