Fiscais disfarçados de passageiros começaram hoje em São Paulo, diz Dória

Objetivo é flagrar irregularidades das companhias e também do comportamento inadequado de motoristas e cobradores

ADAMO BAZANI

Fiscais disfarçados de passageiros comuns começaram a atuar nesta segunda-feira, 27 de março de 2017, dentro dos ônibus municipais de São Paulo.

A informação foi confirmada na manhã de hoje pelo próprio prefeito João Doria em entrevista ao jornalista José Luiz Datena, na Rádio Bandeirantes.

O objetivo é detectar irregularidades na prestação de serviços, como ônibus sujos, mal conservados e falta de cumprimento de horários, além de apontar problemas em relação ao comportamento dos motoristas e cobradores no tratamento  paracom passageiro e também no trânsito.

A novidade já tinha sido anunciada na semana passada pelo secretário de transportes e mobilidade, Sérgio Avelleda.

Na entrevista, João Doria disse que, de maneira geral, não ficou satisfeito com serviços de ônibus durante as duas viagens que fez pelo sistema de São Paulo.

Doria afirmou que os serviços devem melhorar significativamente após o processo de licitação ser concluído, mas afirma que desde já, deve haver qualificação nos serviços.

O prefeito relembrou o fato de na mais recente viagem que fez em 13 de março, na zona leste de São Paulo, se deparar com ônibus melhor que teria sido colocado pela empresa apenas para viagem de Doria, sendo que os veículos padrão da linha eram bem inferiores – Relembre:

https://diariodotransporte.com.br/2017/03/13/doria-da-nota-4-a-onibus-e-diz-que-quer-intervalos-de-15-minutos-e-mais-limpeza/

Adamo Bazani, jornalista personalizado transportes