Ônibus já podem desembarcar passageiros fora do ponto após as 22h no Rio de Janeiro

Possibilidade é destinada para mulheres idosos, deficientes físicos e acompanhantes

ADAMO BAZANI

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta segunda-feira, 6 de março de 2017, decreto que regulamenta a lei 6123, de 3 de janeiro , que obriga que os ônibus que fazem as linhas regulares, desembarquem passageiros entre as 22h e às 5h do dia seguinte, em qualquer lugar, mesmo fora dos pontos.

A medida vale apenas para idosos com 60 anos ou mais, desde que apresentem o RioCard Sênior ou qualquer documento de identidade com foto, deficientes físicos, pessoas com mobilidade reduzida, como aquelas se recuperando de cirurgia, e mulheres de qualquer idade e condição.

O benefício também vale para os acompanhantes destas pessoas.

O ônibus não pode deixar seu itinerário e não podem ser realizados desembarque em viadutos, pontes, túneis e cruzamentos. Também não pode haver parada fora das estações, nos corredores de BRT.

Não está permitida a parada em locais proibidos, de acordo com a sinalização local, como área de entrada de ambulâncias em hospitais. As regras no CTB – Código de Trânsito Brasileiro devem ser respeitadas.

De acordo com decreto, o não atendimento da solicitação de parada terá multa de R$ 130,16

A parada fora do ponto só vale para desembarque. Para entrar no ônibus, o passageiro deve continuar pegando nos pontos e estações regulares.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: