Número de panes nos ônibus em São Paulo cresce 37,3% em um ano

Frota envelhecida é uma das principais explicações. Foram 22 mil 222 quebras

ADAMO BAZANI

O Diário do Transporte mostrou em sua primeira matéria desta segunda-feira, 6 de março de 2017, que desde 2006, a frota de ônibus da capital paulista nunca esteve tão velha. A média de idade é de 5 anos e 10 meses no sistema estrutural e 5 anos no sistema local.  É um dos efeitos do retardo na licitação dos transportes, que deveria ter sido feita m 2013. Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2017/03/06/onibus-em-sao-paulo-nao-sao-tao-velhos-desde-2006/

Dados da SPTrans – São Paulo Transporte, gerenciadora do sistema da capital, divulgados pelo Bom Dia SP, da TV Globo, mostra uma consequência direta dessa realidade na vida dos passageiros.

O número de ônibus que tiveram de interromper as viagens no ano passado por causa de panes ou quebras subiu 37,3% em relação a 2015.

No ano de 2016, foram 25.222 ocorrências ou 70 por dia e uma a cada 20 minutos e, em 2015, foram 18.364 panes.

A frota de ônibus da capital paulista em 2015 era de 14.754 veículos (8.837 estrutural / 5.917 local) em, em 2016, de 14.760 (8.794 estrutural / 5.966 local). Nos dois primeiros meses deste ano, o número de ônibus caiu para 14.623 veículos (8.679 estrutural / 5.944 local).

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

4 comentários em Número de panes nos ônibus em São Paulo cresce 37,3% em um ano

  1. Luis Carlos da Silva // 6 de março de 2017 às 08:40 // Responder

    Ns zona norte está cada dia pior e uma péssima fiscalização, com esses contratos de emergencia as empresas não se importam em cumprir as partidas.

  2. Amigos, boa noite.

    PREVISIVELLLLLLLLLLLLLLLLL

    Congelou, nao lucrou, relaxou quebrou.

    E pura logica e matematica.

    Att,

    Paulo Gil

  3. Pra mim não e novidade alguma.

  4. Ando em sao paulo todo dia..é a impressao que eu tenho que os onibus que mais quebram sao os milleniuns brt toco e articulado…sempre vejo vários quebrado….

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: