Linhas intermunicipais e municipais em Rio Grande da Serra passam a ser integradas após disputa entre empresas

Ônibus corriam em ultrapassagens e disputavam passageiros em Rio Grande da Serra / Arquivo

Tarifa integrada passa a ser de R$ 4,20 e, para conseguir o desconto, intervalo de integração será de duas horas.

ADAMO BAZANI

Passageiros de Rio Grande da Serra e de Ribeirão Pires, no ABC Paulista, contam com tarifa integrada entre ônibus intermunicipais operados pela Rigras Transportes Coletivos e Turismo Ltda, de Ribeirão Pires, e a Viação Talismã, de Rio Grande da Serra.

A resolução 027, da Secretaria de Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo foi publicada hoje no Diário Oficial,  2 de março de 2017, e determina a integração física e tarifária.

A tarifa integrada só pode ser paga com o Cartão BOM que é aceito nos ônibus intermunicipais da Rigras e também nos municipais da Talismã. O valor desta tarifa integrada é de R$ 4,20 e a integração pode ser feita num período de 120 minutos (duas horas).

As integrações funcionam da seguinte maneira:

Linha Metropolitana C-041-TRO-000-R (Rio Grande da Serra – Vila Niwa / Terminal Rodoviário de Ribeirão Pires) com a linha municipal H-01 – Estação Vila Niwa: No sentido Ônibus Municipal Rio Grande da Serra para o Ônibus Intermunicipal, o usuário embarca na linha H-01 – (Estação Vila Niwa), paga a tarifa com o Cartão BOM, desembarca em um dos pontos de contato das linhas, na região central de Rio Grande da Serra, e acessa o atendimento metropolitano C-041TRO-000-R, pagando o complemento da tarifa integrada, se houver, utilizando o mesmo cartão. Já no sentido Ônibus Intermunicipal / ônibus municipal Rio Grande da Serra, o usuário embarca no atendimento metropolitano C-041TRO-000-R em Ribeirão Pires, paga a tarifa com o Cartão BOM, desembarca em um dos pontos de contato das linhas, na região central de Rio Grande da Serra, e acessa a linha municipal H-01.

Linha Metropolitana C-402TRO-000-R Rio Grande da Serra (Centro)  / Ribeirão Pires (Terminal Rodoviário de Ribeirão Pires) com a linha municipal de Rio Grande da Serra D-01 Estação Parque América: No sentido ônibus municipal Rio Grande da Serra para o Ônibus Intermunicipal, o usuário embarca na linha D-01 – Estação Parque América, paga a tarifa com o Cartão BOM, desembarca em um dos pontos de contato das linhas, na região central de Rio Grande da Serra, e acessa o atendimento metropolitano C-402TRO-000-R, pagando o complemento da tarifa integrada, se houver, utilizando o mesmo cartão. Já no sentido o Ônibus Intermunicipal – ônibus municipal Rio Grande da Serra, o usuário embarca no atendimento metropolitano C-402TRO-000-R, paga a tarifa com o Cartão BOM, desembarca em um dos pontos de contato das linhas, na região central de Rio Grande da Serra, e acessa a linha municipal D-01 – Estação Parque América, pagando o complemento da tarifa integrada, se houver, utilizando o mesmo cartão.

A falta de integrações e as sobreposições de linhas municipais e intermunicipais já é briga antiga entre empresas de ônibus. Rigras e Talismã se acusavam mutuamente de uma tirar os passageiros da outra. A briga foi parar na Justiça mais de uma vez.

O Diário do Transporte noticiou pela primeira vez esta briga em 14 de maio de 2011, desde então, nenhum ação efetiva tinha sido tomada. A reportagem presenciou, na ocasião, que ônibus corriam para um ultrapassarem o outro e pegarem os passageiros nos pontos – Relembre: https://diariodotransporte.com.br/2011/05/14/sobreposicao-de-linhas-de-onibus-gera-disputas-nas-ruas/

tal-1

tal-2

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes