Empresas de ônibus de Constantino pagaram R$ 3,8 milhões a Eduardo Cunha, preso na Lava Jato, diz MPF

Publicado em: 19 de outubro de 2016
Constantino

Ônibus da Breda a serviço da Gol. Recursos milionários de Constantino foram as únicas receitas da Jesus.com, de acordo com MPF e Receita Federal.

Ministério Público Federal sustenta que companhias de ônibus e Gol pagaram serviços que nunca foram realizados para Jesus.com e GDAV, empresas de Cunha e da família

ADAMO BAZANI

As empresas de ônibus da família de Constantino Oliveira, fundador da Gol Linhas Aéreas, agora fazem parte das investigações da Operação Lava Jato.

De acordo com a força-tarefa da operação, análises das movimentações financeiras das empresas Jesus.com e GDAV Serviços e Publicidade, que têm como sócios o ex-deputado Federal Eduardo Cunha e os familiares, revelam pagamentos milionários das companhias de transportes para os empreendimentos de Cunha, preso nesta quarta-feira pela Lava Jato.

As investigações revelam que as empresas de ônibus do Grupo Comporte pagaram ou encaminharam o pagamento de R$ 3,8 milhões aos negócios de Cunha, da mulher Cláudia Cruz e dos filhos. A justificativa para esses pagamentos foram serviços de publicidade, mas a força-tarefa da Lava Jato verificou que, na prática, não foi realizado nenhum serviço.

Ainda segundo o Ministério Público Federal, os pagamentos se deram da seguinte maneira:.

– As empresas de ônibus Princesa do Norte e Expresso Maringá depositaram entre julho e novembro de 2012, R$ 1 milhão para a Jesus.com, que não tem nenhum funcionário registrado, segundo os procuradores

– A Gol Linhas Aéreas depositou R$ 1,4 milhão em sete parcelas de R$ 200 mil entre julho e novembro de 2013 para a empresa Jesus.com.

– As empresas Princesa do Norte, Breda Transportes, Viação Piracicabana e Auto Ônibus Manoel Rodrigues pagaram cada uma R$ 475 mil à empresa de Eduardo Cunha num único dia em maio de 2015. Segundo os procuradores, em 2015, a única receita destes empreendimentos de Cunha teve origem das empresas de ônibus de Constantino.

– A agência de publicidade Almap BBDO fez a pedido da VRG Linhas Aéreas (Gol Linhas Aéreas), segundo as investigações, depósitos que totalizaram R$ 1 milhão para GDAV Serviços e Publicidade, cujos sócios são Felipe, Camila e Danielle Dytz da Cunha, filhos de Eduardo Cunha.

“Em suma, praticamente todos os depósitos identificáveis na Jesus.com e na GDAV indicam uma só origem: o grupo econômico Constantino, que comanda a empresa Gol Linhas Aéreas e diversas empresas de ônibus. Não há indício de que as empresas Jesus.com e GDAV tenham prestado algum serviço efetivo de publicidade compatível com os valores depositados”, – diz nota técnica dos procuradores.

A Receita Federal ressalta que buscas nos arquivos do site da Jesus.com mostram que os serviços não foram realizados: “em nenhum destes [arquivos] foi possível identificar a declarada propaganda, seja das empresas de transporte rodoviário, seja da Gol Linhas Aéreas”.

DEPÓSITOS SERIAM PARA AJUDAR EMPRESÁRIOS DE ÔNIBUS EM VOTAÇÃO:

Os investigadores da Lava Jato suspeitam que o dinheiro de Constantino para Eduardo Cunha teve o objetivo de beneficiar todas as companhias de ônibus, isso porque, em 2015, Cunha na presidência da Câmara, criou após os depósitos uma comissão especial para analisar a isenção da Cide – Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico, imposto sobre combustíveis, às empresas de ônibus municipais e metropolitanas.

Os procuradores, entretanto, ressaltam que esta suspeita ainda deve ser melhor investigada:

“Embora os fatos necessitem aprofundamento investigativo, o auxílio de Cunha com projetos de interesse das empresas de transportes urbanos pode explicar os repasses”, – diz o relatório dos procuradores.

OUTRAS EVENTUAIS LIGAÇÕES:

O atual responsável pelo Grupo Comporte, Henrique Constantino, foi alvo de mandados de busca e apreensão em julho de 2016 durante a Operação Sépsis, da Polícia Federal.

A Sépsis investiga esquema de corrupção no Fundo de Investimentos do FGTS (FI-FGTS).

Foram presos, na ocasião, o doleiro e lobista Lúcio Bolonha Funaro, apontado como operador do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, e Fábio Cleto, ex-diretor do FI-FGTS que foi indicado por Cunha ao cargo.

OUTRO LADO:

Em nota, ao Diário do Transporte , por meio da assessoria de imprensa, o Grupo Comporte se limitou a informar que vai colaborar com as investigações:

“Sobre os supostos repasses às empresas Jesus.com, as empresas do Grupo Comporte seguem colaborando com as autoridades para o total esclarecimento dos fatos”.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

Comentários

  1. Almir Aparecido da Silva disse:

    Eu achava que o nome do grupo era BR MOBILIDADE??

  2. Elaine Cristina do nascimento dias disse:

    Bom dia a quem possa interessar!
    Sou casada a 22a, com um funcionário de Nenê Constantino e a mais de 10a venho tentando na justiça reaver o q essa Família ficou devendo ao meu marido, q hj se encontra doente, trabalhou muitos anos da vida para termos nossa casa própria e hj moramos em quintal do meu pai para não pagarmos aluguel, meu esposo não se conforma….. Mas eu entreguei nas mãos de Deus e hj digo vou receber esse valor q devem a nossa Família, pq meus filhos já passaram necessidade demais por conta dessa pouca vergonha desses barões!!!!
    Chega depois de saber os milhões q ganham e os trabalhadores ganham e m primeira instância e depois o juiz diz “Neném Constantino” alega não ter dinheiro para pagar… Tadinho né, coitada de mim q moro de favor, cuido do meu marido e tento dar aos meus filhos o melhor para serem alguém na vida. Olha espero q pelo menos uma secretária, advogado ou repórter leia essa msg e me ajude a chegar não pq os poderosos chefões jamais viram até mim, mais milagres acontecem e eu creio q irão sensensibilizar e pagar a esse funcionário q tanto precisa. Não queremos nada além do q é nosso por direito, o q e uma indenização perto dessa dinherama da lava-jato????

  3. manoel disse:

    Juizes corruptos.so da nisso.nao e senhores do s.t.f

Deixe uma resposta para Almir Aparecido da Silva Cancelar resposta