OUÇA: Rádio Jovem Pan e Blog Ponto de Ônibus discutem a relação entre internet livre e mobilidade urbana

Home Office pode ajudar na mobilidade urbana, reduzindo viagens desnecessárias e, consequentemente, trânsito, poluição e lotação.

 

Depois de o assunto ganhar espaço na imprensa, Anatel proíbe temporariamente operadoras de limitar o acesso à internet. Pacotes fixos poderiam prejudicar até mesmo avanços que resultariam em diminuição das viagens desnecessárias na cidade

 

A Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações proibiu nesta sexta-feira, 22 de abril de 2016, de as operadoras de banda larga fixa diminuírem a velocidade de internet ou mesmo bloquearem a conexão dos usuários que extrapolaram limites de dados mensais.

A decisão da Anatel, que agora diz que o caso deve ser discutido de forma mais ampla, ocorreu depois de a imprensa e especialistas alertarem a sociedade sobre a intenção das empresas operadoras. Se não fosse isso esse papel de conscientização e informação, a prática seria imposta ao consumidor, sendo mais difícil reverter.

Diferentemente do que o presidente da Anatel, João Rezende, disse no dia 19, insinuando que a medida prejudicaria mais quem só usa a internet para “joguinhos”, a prática que seria imposta pelas operadoras e passaria em branco se dependesse da agência, dificultaria ou mesmo inviabilizaria a execução de diversas atividades econômicas e sociais relevantes, entre as quais, o home-office e a educação à distância. E isso interfere diretamente na mobilidade urbana.

Por melhores que sejam os corredores de ônibus e sistemas de metrô, que obviamente precisam ser expandidos, só obras e veículos de alta capacidade não bastam. É necessário rever a forma de vida nas cidades, aproximando as pessoas dos locais de trabalho, flexibilizando os horários de entrada e saída e estimulando justamente o estudo e as atividades profissionais em casa.

Reduzir o número de viagens é um dos caminhos para reduzir os congestionamentos, a saturação do transporte público e a poluição.

No Programa RadioAtividade, da Radio Jovem Pan, os apresentadores Madeleine Lacsko e Carlos Aros, bateram um papo com o editor do Blog Ponto de Ônibus, Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes, sobre a relação entre internet livre e mobilidade urbana.

Ouça neste link:

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: