Greve de ônibus em Teresina afeta todo o transporte

Motoristas e cobradores de ônibus cruzam os braços em Teresina. Foto: Brunno Suênio/GP1

Motoristas e cobradores de ônibus de Teresina dizem que empresários não cumpriram acordo

ADAMO BAZANI

Funcionários dos transportes coletivos de Teresina paralisaram as atividades na manhã desta sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016.

De acordo com o sindicato dos trabalhadores – Sintetro, em torno de 30% da frota de 441 ônibus saíram das garagens das 10 empresas de ônibus que operam sistema.

No entanto, os passageiros dizem que não há cumprimento do percentual mínimo em várias linhas.

Os motoristas pedem reajuste salarial de 12,36% sobre o valor do salário, ticket alimentação e do plano de saúde.

Segundo sindicato dos trabalhadores, um acordo prevendo este reajuste foi feito em 23 de janeiro, mas neste mês, os empresários recuaram e disseram que não tinham condições de efetuar o pagamento.

O Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros de Teresina – Setut informou que não realizou o pagamento do percentual porque não recebeu as contrapartidas da prefeitura.

Com o aumento pedido pela categoria, os salários dos motoristas passariam de R$ 1.498,00 para R$ 1.678,21, dos cobradores de R$ 917 para R$ 1.027,78 e os salários dos fiscais iriam de R$ 980 para R$ 1.106,84.

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

1 comentário em Greve de ônibus em Teresina afeta todo o transporte

  1. É lamentavel que a capital do estado não tenha profissionais com habilidades de evitar estes transtornos; e preciso mais conhecimento das necessidades dos usuários e bem como dos profissionais que fazem o funcionamento da frota de serviços coletivos que já é carente e deixa a coletividade a mercê de reajustes de salários que devem ser tratados por patronal e sindicato da categoria sem prejuízo para a coletividade de usuários e o mercado.
    Pasme!!!. Até quando isso vai ser necessário para que este Monopólio acabe.
    Providências urgentes. Vamos, vamos, vamos….

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: