Prefeitura de São Paulo lança site para motorista acompanhar multas na cidade. Ônibus cometeram 0,54% das infrações

Novo portal da prefeitura classifica as infrações também por tipo de veículo. Foto – Reprodução

Portal chamado “Painel Mobilidade Segura” traz os dados principais dados sobre infrações como endereço, horário, tipo e categoria de veículo

ADAMO BAZANI

A Prefeitura de São Paulo lançou nesta quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016, um site para o cidadão acompanhar as principais informações sobre multas na capital paulista.

Pelo portal  “Painel Mobilidade Segura”, o motorista pode saber, por exemplo, as multas por tipo, endereço, horário e categoria do veículo.

O cidadão também pode consultar o mapa de radares na cidade.

O site possui dados desde 2013 e as informações serão atualizadas constantemente, sempre até 70 dias depois dos registros oficiais.

“A única maneira de continuar reduzindo as mortes é fazendo com que todos respeitem as leis de trânsito. Se isso acontecer o número de mortes vai cair drasticamente. Com essa divulgação acredito que vá cair o número de acidentes e mortes”, disse o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, durante apresentação do portal.

O intuito, de acordo com a prefeitura, é educar o motorista sobre os principais erros no trânsito e alertar para a necessidade respeitar as regras de circulação. O poder público acredita que a ferramenta pode ajudar São Paulo atingir a meta estipulada pela ONU – Organização das Nações Unidas que determina redução até 2020 no número de mortes no trânsito. Para a ONU, o total aceitável é de seis mortes para cada cem mil habitantes. Hoje o índice da capital paulista é de 8,36 mortes para cem mil habitantes.

Segundo Haddad, a arrecadação resultante das multas de trânsito é irrelevante para o orçamento público perto do que é gasto com os acidentes.

O site, segundo Haddad, é “prova” de que a cidade não quer ter “pegadinhas” no trânsito. A ferramenta, segundo ele, mostra que o objetivo não é multar, mas evitar a infração.

O secretário Municipal de Transportes, Jilmar Tatto, disse o que existe na prática não é indústria de multas, mas “uma indústria de mortes no trânsito”. Na visão dele, com a prefeitura “escancarando” os dados sobre os radares, o motorista pode se conscientizar e adotar posturas corretas.

ÔNIBUS:

De acordo com as informações publicadas no portal oficial da prefeitura, das 11 milhões 848 mil 201 penalidades anotadas em todo o ano de 2015, 0,54%, o correspondente a 64 mil 571 multas de trânsito foram cometidas por motoristas de ônibus na Capital Paulista, incluindo urbanos municipais, urbanos metropolitanos, fretamento, escolares, rodoviários intermunicipais e rodoviários interestaduais. Estes dados excluem multas operacionais aplicadas pela SPTrans- São Paulo Transporte em relação aos serviços prestados, como atrasos de partidas e não parada nos pontos.

Ainda segundo o portal, os ônibus correspondem a 0,56% da frota 8 milhões 145 mil 770 veículos na capital paulista .

Em São Paulo, 69,11% dos veículos licenciados na capital circulam sem nenhuma multa e o total de veículos autuados corresponde a 30,89% da frota.

O endereço do site é:

http://mobilidadesegura.prefeitura.sp.gov.br/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

2 comentários em Prefeitura de São Paulo lança site para motorista acompanhar multas na cidade. Ônibus cometeram 0,54% das infrações

  1. LEGAL…Q LEGAL MESMO …MAS E A LICITAÇÃO DOS TRANSPORTES PÚBLICOS SOBRE PNEUS E SOB A RESPONSABILIDADE DA PREFEITURA DA CIDADE DE SÃO PAULO-SP, ATRAVÉS DA SMT/SPTrans …NADA ! “TA´SERTÚ !!” !

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: