Itapemirim demite ao menos 70 funcionários, causando preocupação entre os outros trabalhadores

Ônibus operado pela Itapemirim. Trabalhadores temem mais cortes

Funcionários também afirmaram que direitos trabalhistas estão atrasados

ADAMO BAZANI

A Viação Itapemirim demitiu na semana passada ao menos 70 funcionários da sede em Cachoeiro de Itapemirim, no estado do Espírito Santo.

De acordo com os funcionários, alguns direitos trabalhistas como ticket alimentação e plano de saúde não foram fornecidos para os empregados que também reclamam de salários atrasados.

As informações foram divulgadas pelo jornal O Fato, de Cacheiro de Itapemirim, onde a empresa começou a atuar.

O Blog Ponto de Ônibus entrou em contato com a assessoria da empresa de ônibus que disse apenas que  “Todas as informações sobre a Itapemirim serão dadas num momento oportuno próximo.”

Funcionários da empresa disseram ao Blog Ponto de Ônibus que a companhia passa por situação financeira complicada devido à crise econômica e a problemas de gestão em anos anteriores.

No dia 4 de junho de 2015, a Itapemirim repassou 68 linhas interestaduais para a Viação Kaissara entre as quais, trajetos de grande demanda, como São Paulo / Rio de Janeiro, São Paulo / Rio de Janeiro (via ABC Paulista), São Paulo / Curitiba, Rio de Janeiro / Curitiba, Salvador/ Rio de Janeiro, Brasília / Belo Horizonte, Rio de Janeiro / Curitiba.

Em torno de 40% da frota que era operada pela Itapemirim foram assumidos pela Kaissara.

Com a transferência, a Itapemirim manteve 50 itinerários, o que corresponde a 40% de sua atuação anterior.

Kaissara e Itapemirim ainda ocupam as mesmas estruturas, o que leva até mesmo funcionários afirmarem que ainda se trata de um mesmo grupo empresarial. A afirmação, entretanto, é negada por um dos diretores da Kaissara, Fernando Santos, que em entrevista ao Blog Ponto de Ônibus afirmou que não há sócios em comum entre as duas empresas.

Confira: https://blogpontodeonibus.wordpress.com/2015/10/11/diretor-da-kaissara-volta-a-afirmar-que-empresa-e-a-itapemirim-nao-tem-os-mesmos-socios/

Adamo Bazani, jornalista especializado em transportes

12 comentários em Itapemirim demite ao menos 70 funcionários, causando preocupação entre os outros trabalhadores

  1. Kaissara e Itapemirim são a mesma coisa, a Kaissara vende a passagem da Itapemirim e as suas em seus guichês próprios e terceirizados, recebem no cartão da Itapemirim, Quer dizer venda Kaissara, receita Itapemirim. Os balancetes decenais e diários tem venda e recebimentos Kaissara, vendas e recebimentos Itapemirim e os dois se comprementam.

    • A Itapemirim tem receita e patrimônio não só pelo informado por você como pelas encomendas expressas ITEX que funciona em qualquer rodoviária do Brasil, esta receita é dela tbm.
      Segundo um amigo meu, ele foi à Cachoeiro para comprar um ônibus da Itapemirim e chegando lá foi informado que ele deveria escolher por fotos pois eles foram levados para uma fazenda do Sr. Camilo Cola, onde há o sepulcro da digníssima Dona Ignês Massad Cola, e o Sr. Camilo não quer movimento perto.
      Isto tem de ser investigado com todo o respeito a saudosa Dona Ignês, que sem dúvida uma alma caridosa que muito ajudou seus colaboradores com enxoval de bebê e idéias como material escolar, entre outros atos filantrópicos.

  2. SÉRGIO SANTO ANDRÉ // 23 de fevereiro de 2016 às 14:16 // Responder

    É triste ver como está se acabando a que foi a maior de todas…

    • Triste mesmo eu precisando da minha recisao e ela não me paga são um bamodo de safados não gosta de pagaR o w deve meu nome é ednei de belem

      • Eu tbm fui demitido dia 22/02/16 depois de uma vida na Itapemirim e estou a ver navios, ninguém me informa quando sera a rescisão, não recebi o último adiantamento de salário, a cesta básica de Janeiro e fevereiro e me falta 6 meses para me aposentar, estou sem dinheiro com contas à pagar e quase no SPC.
        Estou em tratamento Psiquiátrico e diversos problemas de saúde HA grave, diabetes, hipertrofia cardíaca sem dinheiro para continuar e sem seguro saúde, sem o FGTS depositado há mais de 3 anos, só DEUS por nós!

  3. funcionarios entram de ferias não pagam,atrasam pagamentos,vales e ticket a onde está a lei trabalhistas,proteção ao trabalhador,as familias,que estão sofrendo com a itapemirim,e os altos cargos como gerentes demitidos

  4. funcionários entram de férias não pagam,atrasam pagamentos,vales e ticket a onde está a lei trabalhistas,proteção ao trabalhador,as familias,que estão sofrendo com a itapemirim,e os altos cargos como gerentes demitidos,como está sua recisão,paga seus funcionários.a unica empresa pagado aluguel de ônibus,e deixando de pagar funcionários.

  5. esposa que sofre junto com marido // 11 de março de 2016 às 18:45 // Responder

    pior que ainda tem gente que a credita que tem motorista que na “mirin”que recebe 5 salario minimo…deve ser piada e de muito mal gosto.porque nem o salario está em dia.

  6. esperei 06 meses para receber 527,00 de fgts gastei mais que isso de ligações para a matriz e o rh de Vitória disse que e normal

  7. Não tem má gestão é tudo balela, não tem porque fazer a empresa entrar nesta crise, ninguém joga dinheiro fora, veja o link abaixo:

    http://ajufe.jusbrasil.com.br/noticias/2390474/filha-oferece-noticia-crime-contra-camilo-cola-suspeita-de-caixa-dois-em-empresas

    Já à tempo a empresa não paga em dia o credores e deixa protestar de propósito, parece gostar de multas, não paga direito os funcionários, o FGTS e etc…

    Agora com a moda de recuperação judicial!

  8. Algumas empresas entram em recuperação judicial, porém mantém seus funcionários e patrimônio.
    Como esperam recuperar se passam a frota para a Kaissara deles e 68 linhas que vende bem.
    ainda juntam a Transportadora que fechou a 15 anos e teve sua garagem vendida ao Bispo Waldemiro, tbm vendeu todos os seus cavalos mecânicos e carretas, como vão tirar o que vendeu?
    Com as 1600 demissões no Brasil, elevam muito o passivo.
    Como a justiça homologa uma recuperação assim?

  9. Gente pra mim pelo menos oq me falaram foi que a Itapemirim não acabou e que ela teve a estratégia de pintar alguns carros como kaissara para tentar se reerguer novamente mas não conseguiu fracassou outra coisa a maioria dos guichês dela ainda vem passagens para a mirim e todos os pontos de apoio tem carros da mirim
    Como é possível explicar
    Pra mim a empresa não acabou não

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: